AL-BA: sete deputados faltam sessão e podem ter salários descontados

A promessa de corte de salário não foi suficiente para que todos os deputados estaduais comparecessem à sessão de votação da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), nesta quarta-feira (15).

Ao final da sessão, o presidente Ângelo Coronel (PSD) observou a ausência de sete colegas e avisou que, se as faltas não fossem justificadas, os parlamentares perderiam 4% do salário – que equivale a R$ 1 mil.

Os faltosos foram Antônio Henrique Júnior (PP), Augusto Castro (PSDB), Luiza Maia (PT), Manassés (PSL), Maria del Carmem (PT), Roberto Carlos (PDT) e Samuel Júnior (PSC).

O presidente explicou que os descontos não têm um limite. Se o parlamentar faltar 30 sessões de votação no mês, por exemplo, terá o salário descontado 30 vezes.

 

 

fonte Por Alexandre Galvão bocão

Comentário

commentários