bombeiro-mata-pc

Bombeiro mata policial civil que fazia diligência

O policial civil Eugênio Fernando Gonçalves, 49 anos, foi morto na tarde de terça-feira (29) após ter sido confundido com um criminoso e acabar atingido por tiros disparados por um bombeiro. O investigador participava de uma diligência na Vila Formosa, na zona leste de São Paulo, quando foi alvejado pelo bombeiro militar Reinaldo Renato da Silva, que foi preso em flagrante.

De acordo com informações da Polícia Civil, Gonçalves andava pela Rua Aldino por volta das 17 h quando um carro modelo Golf de cor preta parou ao seu lado e o condutor fez os disparos. O agente, lotado no Departamento de Capturas (Decap), tentou se proteger atrás de um veículo, mas acabou sendo novamente atingido, tendo caído sem vida na pista na sequência.

 Fonte: Jornal Massa
 

Comentário

commentários