Drogas e armas que pertenciam a traficante são apreendidas

Uma submetralhadora de fabricação caseira, um carregador, um revólver calibre 38, munições, uma porção de cocaína pura, outros 45 pinos da droga, trouxinhas de maconha e pedras de crack, além de material para embalar drogas, foram apreendidos, na sexta-feira (14), por investigadores da 26ª Delegacia Territoria (DT), de Vilas de Abrantes.  

O material apreendido pela polícia pertencia ao traficante e homicida Jackson Bandeira Pinheiro, o “Django”, e estava num imóvel, na localidade de Estiva de Buris, em Camaçari.

Jackson estava sendo procurado pelo homicídio de Ubiracy Júnior Nascimento Santos. Ele também é acusado de tentar assassinar Maurílio Lima Santos e Rafael dos Santos Agostinho. Os crimes, relacionados ao tráfico de drogas, foram cometidos na sexta-feira (14).

Quando chegaram ao local, os policiais foram recebios a tiros e revidaram. No confronto, atingiram Jackson, que foi socorrido para o Hospital Menandro de Faria, mas não resistiu aos ferimentos. Outros dois traficantes que estavam no imóvel conseguiram fugir e ainda não foram identificados.

Jackson era integrante da quadrilha do traficante Cássio dos Santos Oliveira, o Cassinho, que está sendo procurado. Autor do latrocínio do sargento PM, Jackson Luiz Pereira, cometido em 2014, em Jauá, Django estava em liberdade condicional. 

Click Notícias

Comentário

commentários