Presidente Leo Prates (DEM) é chamado de ditador pelos manifestantes

Os trabalhadores terceirizados da Câmara de Salvador fazem uma manifestação, nessa quarta-feira (15), na galeria popular do Plenário, contra o projeto de lei que trata do Regime Especial de Direito Administrativo (Reda). Eles gritam palavras de ordem referentes à falta de pagamento dos direitos garantidos a eles. Quando um vereador de oposição criticava a proposição era ovacionado e quando um da situação defendia o texto era vaiado.

O presidente Leo Prates (DEM) era vítima constante dos protestos e chegou a ser chamado de ditador pelos manifestantes, quando o democrata indeferia alguma investida opositora de tentar suspender a votação.

 

 

Fonte bocão

Comentário

commentários