Foto reprodução
Foto reprodução

Vídeo: funcionários da Maternidade de Referência paralisam atividades por falta de pagamento

Por constantes atrasos de salários, os trabalhadores da Maternidade  de Referência Professor José Maria de Magalhães Netto, no bairro do Pau Miúdo,  cruzaram os braços na manhã desta quarta-feira (19/10). Pouco mais de 60 pessoas se concentram na frente da unidade médica. Com bandeiras e faixas, em mãos, entoam palavras de ordem cobrando providências do Governo do Estado.

Novos protestos devem ocorrem ainda esta semana. Na página oficial do  Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado da Bahia, há a informação, por exemplo, de que “após reunião com comissão de servidores que se debruçou na construção de uma agenda, ocorrerão paralisações e manifestações nos principais hospitais da capital, como o HGE, H. Roberto Santos, H. Octávio Mangabeira e H. Ernesto Simões e em grandes unidades da Sesab como o CAS e o CAB”.

whatsapp-image-2016-10-19-at-08-40-30-1

Para amanhã, estaria programada segundo o SindiSaúde Bahia, uma paralisação “de 12 horas dos servidores do Hospital Geral do Estado com manifestação a partir das 8H”.

Veja vídeo:

Comentário

commentários