Data de Hoje
20 September 2021

​Prefeitura entrega duas escolas completamente recuperadas no IAPI

Rede municipal de ensino também ganhará novo projeto pedagógico construído pelos próprios professores
 
Mais duas unidades municipais de ensino foram entregues completamente requalificadas pela Prefeitura nesta sexta-feira (4), no bairro do IAPI: o Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) José da Silva Tavares e a Escola Municipal Pirajá da Silva, ambas localizadas na Rua Conde de Porto Alegre. Na cerimônia, o prefeito ACM Neto, o secretário municipal da Educação (Smed), Guilherme Bellintani, e a presidente do Instituto Chapada de Educação e Pesquisa, Cybele Oliveira, assinaram o contrato para elaboração do projeto pedagógico da rede municipal de ensino, que será construído com a participação de todos os professores e é um dos itens do Programa Combinado, desenvolvido pela Smed.
IAPI 1
 
Com 380 alunos do nível Fundamental I e Educação de Jovens e Adultos, a Escola Pirajá da Silva recebeu investimento de R$723 mil e, no CMEI José da Silva Tavares, que atende a 120 alunos de 1 a 3 anos, o investimento foi de R$400 mil. Nas duas unidades, a reforma contemplou serviços de substituição de piso e cobertura, recomposição da fachada, pintura, além de revisão completa nas redes elétrica e hidráulica. As diretoras das duas escolas, Adair Abreu e Mônica Simplício, agradeceram à Prefeitura pelo investimento e reafirmaram o compromisso com a qualidade de ensino oferecida na comunidade, além de pedir a colaboração de todos na conservação dos imóveis.
 
O prefeito ACM Neto lembrou que a última reforma na Escola Pirajá da Silva foi realizada em 1993 e salientou o compromisso da Prefeitura em realizar uma melhoria efetiva na qualidade da Educação. “Queremos dar condições mais dignas para alunos e professores de toda a rede. Além da recuperação da infraestrutura das escolas, existia o sonho de desenvolver um sistema de ensino estruturado e próprio do Município com a participação ativa dos professores. A chance de êxito total desse plano é grande devido ao engajamento da rede. Vamos elevar o patamar da educação em Salvador para o topo”, complementou.
IAPI 2
 
Projeto pedagógico – De acordo com o secretário Guilherme Bellintani, o novo projeto pedagógico da rede municipal de ensino vai possibilitar a revisão das diretrizes curriculares de História, Geografia, Ciências e Língua Portuguesa do Ensino Fundamental I. A ação, que está sendo realizada com a participação dos professores municipais, vai contemplar também a produção própria de livros e cadernos que serão adotados por alunos e professores já a partir de fevereiro de 2016, e que terão presentes no conteúdo as identidades culturais de Salvador. “Esse é o início de um projeto ousado e que possui como intuito ter a cara da cidade, com processo construído pelos próprios professores. É uma combinação de boa estrutura física e conteúdo pedagógico transformador”, salientou.
 
A presidente do Instituto Chapada de Educação e Pesquisa, Cybele Oliveira, acrescentou que participam diretamente do processo cerca de 2 mil professores, e os demais 5 mil docentes podem acompanhar e contribuir o processo através de uma plataforma virtual. Já foram iniciadas jornadas com os professores para discussão e construção do processo e formados grupos de trabalho nas escolas, nas coordenadorias regionais e na parte administrativa. Os próximos passos são a elaboração das diretrizes, desenho dos conteúdos e construção dos cadernos. “Além disso, vamos trabalhar também com a formação continuada dos profissionais de educação”, apontou.
 
Nova Divineia – A pedido da comunidade, logo após a entrega das escolas, o prefeito ACM Neto foi até à comunidade de Nova Divineia, no IAPI, para verificar de perto a situação do local, que sofre com a sujeira e o abandono da praça. Foi determinada a ação imediata de limpeza, inclusive com retirada das sucatas presentes no local, assim como a recuperação da infraestrutura da área.​
Fonte: AGECOM
Facebook Comments