Data de Hoje
25 October 2021

Helicóptero com Fernandão caiu logo após decolar e partiu-se em dois

"Não dá para precisar ainda os motivos do acidente, mas é certo que houve perda de sustentabilidade do helicóptero", disse o Sargento dos Bombeiros

 

A queda do helicóptero em que estava o ex-jogador do Inter, Fernandão, ocorreu logo após a decolagem às margens do Rio Araguaia, interior de Goiás. O Corpo de Bombeiros de Aruanã, confirmou ao 'Zero Hora' que a aeronave caiu cerca de 300 metros depois de decolar, em uma praia de água doce. Com o choque, o helicóptero se partiu em dois. 

 


"Não dá para precisar ainda os motivos do acidente, mas é certo que houve perda de sustentabilidade do helicóptero, que desabou instantes depois de decolar. O tempo estava bom, não havia adversidades climáticas. Os destroços (da aeronave Esquilo, prefixo PT-YJJ, com capacidade para cinco pessoas) ficaram espalhados pela praia", relata o sargento dos Bombeiros Cristiano Oliveira, ao 'Zero Hora'. Foi ele quem retirou Fernandão dos destroços. O ex-jogador ainda respirava. "Fizemos o procedimento e levamos ele para o hospital, mas ele veio a falecer", diz.

Fernandão deixava a cidade de Aruanã, no interior de Goiás, onde possuía residência, e voltava para Goiânia quando a aeronave caiu. Fernandão morreu no caminho para o hospital. Outras quatro pessoas voavam com o ex-jogador e morreram no momento da queda.

 

 

Carreira


Revelado pelo Goiás, Fernandão jogou por Olympique de Marselha, Toulouse, Al Gharafa (Qatar) e São Paulo, mas foi no Inter, entre 2004 e 2008, que viveu seus melhores momentos e alcançou a condição de ídolo. Ele disputou um amistoso pela seleção brasileira, contra a Guatemala, em 2005, jogo que marcou a despedida de Romário com a camisa do Brasil. Atualmente, Fernandão trabalhava como comentarista do Sportv, que divulgou nota lamentando o acidente.

Além de Fernandão, estavam no helicóptero e não sobreviveram Edmilson de Souza Leme (vereador de Palmeiras de Goiás), Antônio de Pádua, Lindomar Mendes Vieira (funcionário da fazenda) e o piloto, identificado como Milton Ananias.

Em Porto Alegre para a inauguração do Viaduto Abdias Nascimento, próximo ao Beira-Rio e parte das obras da Copa, a presidente Dilma Rousseff disse que “lamentava imensamente” o falecimento: – Fernandão é um exemplo de caráter, além de ter sido um excelente jogador. Vai deixar saudades em todos nós. O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati (PDT), decretou luto oficial de três dias.

Em nota, o Internacional disse que “a nação colorada está de luto”. “O momento é de profundo pesar pela partida prematura do ídolo de 36 anos, (…), um dos jogadores mais importantes dos 105 anos do Clube”. Fernandão disputou 190 jogos com a camisa do Inter. Marcou 77 gols. O primeiro deles, em sua estreia, em 2004, foi o milésimo gol da história do Gre-Nal.

O rival Grêmio também lamentou a morte do ex-jogador, em nota. Pelo Inter, Fernandão foi campeão gaúcho (2005 e 2008) e da Recopa (2007). Quando encerrou a carreira, Fernandão teve breve passagem como diretor em 2011 e como técnico em 2012.

O ex-goleiro Clemer lamentou a morte do ex-companheiro. "Não tem um momento único que possa lembrar como o mais importante. Foi um cara que só me deixou alegrias em todos os momentos que vivi com ele", afirmou. Rafael Sóbis, atacante do Fluminense disse que Fernandão era como um pai para ele. "É absolutamente dolorida essa notícia. Estou perdendo um pai, um amigo, um dos caras mais importantes, que me ajudou, me deu conselhos. Está sendo um dia trágico para mim", disse Sóbis, liberado pelo Fluminense para ir a Goiás

 

Facebook Comments