Data de Hoje
13 June 2021

Abalada, Maria Luiza consegue liminar, mas afirma: não quero disputar

Apesar de ter conseguido liminar para manter seu mandato até o final, a deputada estadual Maria Luiza (PSC) não disputará a reeleição este ano. Isso porque o processo ainda tramita no Tribunal Regional Eleitoral da Bahia e a parlamentar pode perder o mandato a qualquer momento. Cautelosa, a ex-mulher de João Henrique prefere não se arriscar.



Ao Bocão News, Maria Luiza contou estar bastante abalada e não quis comentar o motivo da sua saída do PSC, ida para o PSD e retorno para a sigla cristã. “Não quero falar sobre isso, pois quem está passando por dificuldades sou eu. Vou continuar até o final, mas não quero disputar. Essa já é uma decisão concreta”, reforça.



Na manhã desta sexta-feira (2), o presidente do PSC, Eliel Santana, afirmou ao Bocão News, que a saída da parlamentar da legenda foi medo de represália do ex-prefeito e ex-marido, João Henrique. À época, JH tinha total influência no partido.



A reportagem teve acesso ao processo do TRE-BA. No documento, a justificativa da parlamentar para sair do PSD foi discriminação. “… No mérito, alegam que a saída da primeira requerida do PSD é justificada, pois se sentia preterida e discriminada, já que não participava ativamente da agremiação nem fazia parte do diretório”.





Contudo, a parlamentar voltou para o PSC alegando identificação e vínculos pessoais. Segundo Santana, Maria Luiza voltou ao partido cristão por já se sentir segura sem a presença de JH.

Facebook Comments