Data de Hoje
7 March 2021

ABANDONADOS! Moradores do Iapi mostram as situações precárias do bairro

Comerciantes reclamam dos prejuízos sofridos por causa das condições do esgoto do bairro

Esgoto a céu aberto, lixo, falta de iluminação e buracos, essa é a situação dos moradores da Rua Tio Juca, próximo ao bairro Barros Reis. Com problemas principalmente nas pistas devido a uma obra no esgodo do bairro feito pela Sucop, de acordo com informações de moradores, os mesmos enfrentam situações pesarosas no dia a dia no bairro.

Nossa equipe conversou com os moradores mais afetados com os inúmeros problemas detectados, dentre eles, estava o senhor José Paulo que nos relatou a dificuldade de locomoção dos veículos por causa da cratera existente na rua principal. ” Essa cratera tem dado muita dor de cabeça, nós que moramos aqui em frente ficamos com medo, quando os ônibus passam o chão treme. Ontem aconteceu até um acidente aqui com um carro. O cara veio de lá (da rua de cima) pra cá e saiu levando tudo por que perdeu o controle com o buraco.” disse outro morador completa a fala de seu José sinalizando o local do bairro quando chove, “isso aqui quando chove, vira um rio”, completou.

 

Moradores ainda relatam a falta de iluminação das ruas sendo submetidos ao risco de assaltos e assédio sexual, como relata Iracema. “A gente que trabalha em lugares distantes, e chegamos tarde, temos que passar pela rua no escuro por que não tem iluminação e nem segurança, com essesmotoqueiros rodando por todo lado”, diz.

 

Outra situação sinalizada pelo moradores, é a dispensa de lixo feita de forma errada por alguns estabelecimentos, como afirma o seu Bispo Nunes. “Além de esburacada, os lixos na rua, que vem de tudo quanto é lugar são jogados por empresas, mercados. Tudo jogado aqui, ontem tinha animal morto, um fedor horrível, fora os ratos, baratas, muriçocas e tudo que aparece por aqui”, completou o comerciante que tem uma lanchonete no local.

Por medida de segurança, a moradora opta por descer do ônibus no ponto do Largo do Tanque, e pagar outro transporte para chegar com segurança em casa. “Eu posso soltar aqui em baixo e subir aqui andando, que é perto, mas como faz isso com essa rua sem segurança? Escuro e aqui não tem ronda nenhuma, aqui nessa rua tem assalto direto”, completa.

Facebook Comments