Data de Hoje
26 February 2021

ACM Neto fala sobre reabertura de comércio na próxima semana

O prefeito de Salvador, ACM Neto, e o secretário de Saúde, Léo Prates, falaram sobre a reabertura do comércio em entrevista a Rede Bahia, neste sábado, 18. Léo Prates afirmou que prevê que a taxa de ocupação dos leitos de UTI para Covid-19 na capital baiana fique abaixo de 75% já neste sábado.

“É preciso entender que a taxa de ocupação de leitos de UTI é uma equação simples, que a gente aprende no colégio, onde o numerador é o numero de pessoas internadas em leitos de UTI, e o denominador é o numero total de leitos de UTI para coronavírus. Nós tínhamos no dia de ontem 474 pessoas em leitos de UTI, e 611 leitos, dando uma taxa de 78%. Se o numerador se mantiver estável de ontem para hoje, com a ampliação dos 20 (leitos) do Wet’n Wild e dos 25 da Fonte Nova, nós chegaremos entre 72% e 73% no dia hoje. Nossa expectativa é, no dia de hoje, quando a atualização da Sesab com relação aos leitos de UTI em Salvador for feita, a gente já esteja abaixo dos 75%, iniciando a contagem regressiva para a reabertura do comércio”, disse o secretário de saúde de Salvador.

Já o prefeito ACM Neto explicou que, caso a primeira fase de flexibilização da economia seja implementada, será realizada a medição de temperaturas de todas as pessoas que entrarem nos shoppings. Pessoas com temperatura acima de 37,8º, serão impedidas de entrar no estabelecimento comercial.

“Fizemos um acordo com os shoppings e com os comerciantes. A prefeitura não vai exigir a testagem de todos os comerciários, porém todos os shoppings vão ter que assegurar a medição de temperatura de todas as pessoas que entrarem nos shoppings. Isso não vale só para o trabalhador, para o comerciário, como vale também para o cliente”, falou o prefeito.

O secretário, Léo Prates, ainda falou sobre a possibilidade do número de infectados aumentar após a primeira fase da reabertura. Além disso, ele também disse que a capital baiana está trabalhando com uma folga na margem de leitos para Covid-19.

“Nós abrimos 10 leitos a mais no [{Hospital] Municipal na semana passada, estamos abrindo 45 leitos em dois dias, 20 no Wetn’ wild e 25, em parceria com a Sesab, na Arena Fonte Nova. Isso totaliza 55 leitos. Na segunda, 20, eu quero abrir mais 10 leitos no [Hospital] Sagrada Família, e até quarta-feira, 22, mais 10 leitos no Hospital Salvador, totalizando 75 leitos. E até o final do mês, queremos abrir mais 10 leitos no Sagrada Família e 14 leitos no Salvador, totalizando uma expansão no mês de julho de 99 leitos, sendo 25 em parceria com o governo do estado. Então, nós estamos garantindo fazer a nossa parte para que, mesmo que haja um crescimento [no nº de casos], esse crescimento não seja impeditivo para o comércio se manter aberto”, destacou o secretário.

O plano de flexibilização do comércio em Salvador prevê que a primeira fase da abertura, que contempla os shoppings centers, ocorrerá se a cidade conseguir atingir 75% na taxa de ocupação de leitos de UTI para a Covd-19 e manter o índice por cinco dias seguidos.

Léo Prates ainda explicou que, após o comércio ser reaberto, só voltará a fechar se o índice de ocupação dos leitos chegar a 80%. Além disso, o prefeito anunciou que com a retomada do comércio, o número de pessoas circulando pelas ruas de Salvador deve aumentar, e por causa disso, a frota de ônibus na cidade aumentará.

Facebook Comments