Data de Hoje
24 September 2021

ACM Neto nega que aliança com PV tenha sido por cargos

Célia Sacramento (PV) e ACM Neto (DEM)

Depois das divergências, com possibilidades de se aliarem ao projeto de Lídice da Mata, postulante do PSB ao governo e de muitas conversas internas, os verdes, que já integram a base do prefeito ACM Neto (DEM), sacramentaram oficialmente, ontem, o apoio à pré-candidatura de Paulo Souto (DEM). Conforme os dirigentes do PV, pesou na articulação, a aceitação do conteúdo programático do partido, com prioridade para as políticas de meio ambiente. A composição liderada pelo DEM, PSDB e PMDB aceitou a construção de 43 pontos voltados para o programa de governo. Além disso, contou a relação já estabelecida com os democratas a partir de 2012. Eles selaram a aliança ontem no Hotel Mercure, em Salvador. Apontado como principal articulador da união eleitoral, tendo liderado as recentes reuniões, ACM Neto mandou recado ao ressaltar a contribuição do partido com a sua gestão e ainda frisou que teria chegado a hora de a sigla “contribuir muito para a mudança da Bahia”. Ele destacou que em sua eleição eram cinco partidos com o PV e que agora serão entre 18 a 19 partidos ao lado de Souto. “O PV não sentou para querer cargos, colocou como prioridade a incorporação do plano de governo que é imprescindível para a vida do partido”, afirmou no evento.

Facebook Comments