Data de Hoje
25 October 2021

Advogado relata que puxador da Bamor sofre ameaças após morte de líder da TUI

Após a morte do diretor da Torcida Uniformizada Os Imbatíveis (TUI), Lucas ‘Chapolin’, o puxador da Torcida Organizada Bamor (TOB), Bruno Ribeiro, vem sofrendo constantes ameaças através das redes sociais e por telefone. Em contato com a equipe de reportagem doBocão News, o advogado da organizada do Bahia, Marcos Vinícius, relatou o caso.



“A partir do ocorrido com Chapolin, a Bamor começou a sofrer uma série de ameaças. Só que no final da tarde de ontem até o momento as ameaças passaram a ser direcionadas a Bruno, por ele ser o puxador da torcida. Ele está recebendo ameaças por Facebook, celular e outros meios de comunicação”, disse.



Marcos Vinícius comentou ainda que irá apresentar Bruno na 1ª Delegacia de Polícia, nos Barris, para preserva-lo. “Vou apresenta-lo nesta tarde. Vamos apresentar uma notícia crime para salvaguarda-lo de tudo o que está acontecendo. Bruno não tem nada haver com ocorrido e está sendo ameaçado pelo simples fato de ser puxador, já que Chapolin era puxador da organizada do Vitória”, completou.



O advogado explicou o porquê de não leva-lo ao Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) onde o crime cometido contra o integrante da TUI está sendo investigado. “Não vamos para a DHPP porque Bruno não está sendo investigado. Ele está sendo ameaçado por outros integrantes da Imbatíveis, de forma ferrenha e queremos salvaguarda-lo”, finalizou

Facebook Comments