Data de Hoje
21 February 2024
Cultura Negra/ Foto Divulgação: Rosilda Cruz

AGENDA CULTURAL | Programação cultural celebra a Consciência Negra

Com intuito de promover ações afirmativas no mês em que se comemora o Dia da Consciência Negra (20 de novembro), a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) promove shows, mostras, espetáculos de teatro, dança e palestras que enfatizam a importância da cultura de matriz africana na Bahia. Entre os destaques da programação, estão a programação mensal do Pelourinho, a abertura da exposição Gullah, Bahia, África, do linguista americano Lorenzo Turner e duas caminhadas sobre a temática que contam com apoio da SecultBA. A programação completa pode ser conferida no site da SecultBA (www.cultura.ba.gov.br)

Em Salvador, as praças do Pelourinho promovem desde o início do mês ações em comemoração ao tema. No total, serão 61 eventos realizados e apoiados pela SecultBA com destaque para a Consciência Viva, uma programação especial entre os dias 17 e 21 voltada à celebração da cultura negra no Pelourinho. Nestes dias, a programação conta com apresentações e ensaios do bloco afro Muzenza, das bandas IFÁ, Diamba e Afrodisíaco, além de atividades como VI Encontro Mauanda Bankoma, dentre outras ações.

Cultura Negra/ Foto: Reprodução: Rosilda Cruz

Cultura Negra/ Foto: Divulgação Rosilda Cruz

No dia 20 de novembro, o Dia Nacional da Consciência Negra, serão realizadas duas caminhadas com apoio da SecultBA: a XXXVI Marcha Zumbi dos Palmares, uma realização da Coordenação Nacional de Entidades Negras, às 15h, com saída do Campo Grande com destino à Praça Municipal; e a 15ª Caminhada da Liberdade, realizada pelo Fórum de Entidades Negras da Bahia, que contará com trio elétrico saindo da Lapinha com destino à Baixa  dos Sapateiros e microtrio saindo do Curuzu com destino à Lapinha.

Ainda em Salvador, o Cine Teatro Solar Boa Vista, espaço cultural administrado pela SecultBA, reúne uma programação que contempla diversas atividades em multi linguagens tais como o projeto Muda Engenho, no dia 14, às 18h; a mostra Artes do Engenho – Consciência Negra entre os dias 17 e 22; as apresentações musicais Afoxé é Cultura, no dia 27, às 14h e Concerto da Consciência Negra – NEOJIBA, da Orquestra Infanto-Juvenil do Sesi, uma das orquestras do Programa Neojiba, no dia 28, a partir das 16h; e o Encontro Vício Cacheado no dia 29, às 9h.

Um dos grandes sucessos do Bando de Teatro Olodum, o espetáculo Ó Paí, Ó” é a atração deste mês do Projeto Domingo no TCA, iniciativa do Teatro Castro Alves, através da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) e da SecultBA, , com apresentação no próximo dia 29 de novembro, domingo, às 11h, na Sala Principal do Teatro Castro Alves. As músicas originais e a direção musical são de Jarbas Bittencourt, a coreografia é de Zebrinha, a Iluminação de Rivaldo Rio, o espaço cênico e o figurino de Marcio Meirelles e Zuarte Junior. Os ingressos para o Domingo no TCA, como sempre, custam R$ 1,00 (inteira) e R$ 0,50 (meia) e serão vendidos a partir das 9h, somente no dia do evento, com acesso imediato do público ao teatro.

Expo Africa Capoeiristas/ Foto: Divulgação

Expo Africa Capoeiristas/ Foto: Divulgação

Cultura negra em destaque nas bibliotecas públicas – A Biblioteca Virtual Consuelo Pondé realizará, neste mês, duas programações especiais: a exposição Gullah, Bahia, África, do linguista americano Lorenzo Turner, que estará aberta a visitação pública no Palacete das Artes de 24 de novembro de 2015 a 31 de janeiro de 2016. A exposição reúne informações sobre a pesquisa que Turner realizou na Bahia e na Carolina do Sul (Estados Unidos), exibindo fotografias e áudios de gravações dos terreiros de candomblé da Bahia registradas no século passado pelo linguista.

A Biblioteca infantil Monteiro Lobato, em Nazaré promoverá até o dia 30 de novembro o Jogo de Memória sobre o continente africano, além de oficina de máscaras africanas, teatro e bate papo com ativistas que militam em prol da igualdade racial.

As Bibliotecas Públicas em Salvador – Barris (Biblioteca Pública do Estado), Nazaré (Biblioteca Infantil Monteiro Lobato), Costa Azul (Biblioteca Pública Thales de Azevedo), Rio Vermelho (Biblioteca Juracy Magalhães Jr.) e Pelourinho (Biblioteca Anísio Teixeira) – além da de Itaparica (Biblioteca Juracy Magalhães Jr.), terão atividades abertas à participação pública, como exibição de filmes temáticos, exposições e oficinas, além de diversas contações.

Programação nos museus apresentam história africana – O Museu de Arte da Bahia, localizado no Corredor da Vitória, em Salvador recebe a exposição Faces até o dia 30, das 14h às 19h. A mostra do fotógrafo baiano Alvaro Villela retrata a interpretação do artista aos quilombolas nas comunidades da Barra e do Bananal, que existem desde o século XVII às margens do rio Brumado, na Chapada Diamantina.  A entrada é franca.

O Cine Teatro Lauro de Freitas também será palco para Solange Coelho Cia de Dança, que realiza o espetáculo Baú de Histórias Princesas Africana. O evento acontecerá no dia 19, das 10h às 19h. O espaço também recebe o espetáculo Viagem ao Coração da Cidade, do projeto Vidas em Cena, marcado para homenagear o Dia da Consciência Negra, que acontecerá no dia do feriado, 20, às 20h. O projeto uma parceria da Base Comunitária de Segurança de Itinga com o Colégio Municipal Eurides Santana. A peça vem cheia de cores, que retrata a vontade de um menino de viajar em busca do coração da sua cidade, uma aventura repleta de surpresas, com muita música, brincadeiras e ciranda de roda.

Programação Novembro Negro- SecultBA

Quando: De 01 a 30 de novembro de 2015.

Mais informações:

Telefone: 71 3103- 3442

Site: www.cultura.ba.gov.br

Fonte: SecultBA