Data de Hoje
19 May 2022

Aluguel de imóvel em Salvador registra queda média de 8,4%

O preço dos aluguéis de imóveis caiu em média 8,46% em Salvador no primeiro trimestre de 2017, em comparação ao mesmo período do ano passado, segundo levantamento do site Viva Real. A redução foi verificada, com diferentes índices, em todos os bairros da capital. Mas o Creci avalia que já há sinais de que os aluguéis voltarão a subir.

Segundo a pesquisa, o preço nominal médio do metro quadrado para aluguel na cidade atingiu R$ 21,74 nos três primeiros meses do ano. Há um ano era R$ 23,75. Mas, em comparação ao trimestre imediatamente anterior, houve um leve aumento (0,23%), de acordo com o mesmo levantamento.

“Já chegamos ao fundo do poço. A tendência agora é a reversão, e já sentimos uma melhora no mercado”, afirma Noel Silva, diretor pedagógico do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci). Ele cita a queda na taxa de juros e o aumento do crédito como fatores que devem ajudar a recuperar os preços, em queda desde 2014.

Silva ressalta que ao longo desse período, as salas comerciais tiveram o valor de aluguel mais afetado do que imóveis residenciais. Aliás, no topo da lista de bairros com maior oscilação negativa nos preços, segundo o Viva Real, está o Caminho das Árvores, que inclui uma parte dos edifícios comerciais da Avenida Tancredo Neves, uma das áreas mais valorizadas da cidade.

Em seguida aparecem Armação e Patamares, como bairros que sofreram queda nos preços acima da média de Salvador.

Sem barganha

A empresária Daniela Veloso tem apartamento de dois quartos no Costa Azul, bairro que, segundo a pesquisa, teve uma queda de 7,8% no valor do aluguel nos três primeiros meses do ano, segundo a pesquisa do Viva Real.

Dois meses depois de colocar o imóvel à venda e não fechar negócio, Daniela decidiu alugar apartamento através das redes sociais e, uma hora e meia depois do post, já havia encontrado quem alugasse seu imóvel.

“Não precisei barganhar o preço”, afirma a empresária, que pediu R$ 2.400 mensais pelo imóvel.

Os bairros mais procurados para aluguel em Salvador neste primeiro trimestre, de acordo com a pesquisa, foram, pela ordem, Pituba, Imbuí, Caminho das Árvores, Costa Azul, Rio Vermelho, Barra, Paralela, Ondina, Brotas e Itaigara.

Em relação ao preço por metro quadrado, para aluguel, os bairros mais caros da cidade neste período foram Ondina (R$ 37,63), Barra (R$ 29,55) e Caminho das Árvores (R$ 28,74).

O CEO do Viva Real, Lucas Vargas, afirmou que essa queda no valor do aluguel, verificada em todo o país, está ligada diretamente à economia do país. “Diferentemente da venda de imóveis, o aluguel, que tem um ciclo de negociação curto, é mais volátil e tende a se conectar de maneira mais forte com a economia”, afirmou Vargas, que declarou acreditar em uma estabilidade na economia a partir de agora.

Facebook Comments