Data de Hoje
24 September 2021

‘Amarra o mal!’ Saiba como está o ator Vinícius Nascimento após 14 anos de Ó Paí Ó

Foto: Reprodução/Instagram @atorvinicius

“Deixa eu ir, mainha amarrar o mal?” Se você já assistiu ao filme “Ó Paí Ó”, com certeza se lembra dessa frase e provavelmente leu na mesma entonação que Vinícius Nascimento a interpretou no filme em 2007.

Há 14 anos ele deu vida a “Cosme”, personagem no filme com direção de Monique Gardenberg e elenco formado por atores como Lázaro Ramos (Roque), Wagner Moura (Boca), Emanuelle Araújo (Rosa) e Érico Brás (Reginaldo), que narra os dias de carnaval de um grupo no centro histórico de Salvador, o Pelourinho.

Não à toa, Pelourinho foi o bairro onde Vinícius foi descoberto pela diretora do longa.

O ator contou ao bahia.ba que “Ó Paí Ó” foi sua estreia no audiovisual e que brincava nas escadarias da Igreja do Santíssimo Sacramento do Passo quando foi notado por Monique.

“Eu tinha 7 anos de idade, ela me viu brincando, pediu para eu repetir e gostou da brincadeira de criança que acabou virando uma cena do filme. Depois ela conversou com minha mãe sobre a possibilidade de eu fazer parte e nos dias seguintes eu já estava fazendo leitura e ensaio”, conta Vinicius.

O artista disse que todo processo de gravação foi muito divertido. “Aprendi muito. A simplicidade de todos naquela época me chamava muito a atenção, a forma que me agregaram ao espaço foi muito positiva”, relembra.

Mas o talento de Vinicius foi além do reconhecimento como filho de Dona Joana. Aos 9 anos de idade, ele ganhou o prêmio de Melhor Ator pelo curta-metragem “Doido Lelé”, da cineasta baiana Ceci Alves, no 4º Festival do Paraná de Cinema Brasileiro Latino.

Vinícius Nascimento em Doido Lelé | Foto: Divulgação
Vinícius Nascimento em Doido Lelé | Foto: Divulgação

 

“Sendo criança e concorrendo com pessoas de vasta experiência em audiovisual, para mim aquilo foi de imenso prazer. Fico feliz porque foi um trabalho muito bem feito, levei muito a sério, foi quando de fato comecei a entender que era aquilo que eu queria fazer e era aquilo me faria uma pessoa feliz como ator” afirma.

E não para por aí, ele ganhou o prêmio de Melhor Ator Coadjuvante no Cine PE em 2012, pelo filme “À Beira do Caminho”; está no elenco da série “Entre Irmãs”, disponível no Globoplay e dublou um alce jovem no filme “A Era do Gelo 4”.

Vivendo há cerca de um mês no Uruguai para gravação de uma série, Vinícius fez suspense sobre o projeto mas garantiu que é para uma plataforma de streaming famosa. “Ainda não posso revelar muita coisa, mas tô fazendo uma participação em um projeto muito legal!”

Recentemente, Vinícius estreou como diretor no videoclipe “Comando”, do artista Jô, onde ele também atuou. Ele conta que pensa em amadurecer esse lado artístico.

“Pra mim isso foi muito diferente e eu pude provar um pouco dessa multifacetada artística. E haja coordenação motora para fazer os dois ao mesmo tempo (risos). Mas foi uma experiência incrível, um trabalho que requer muita responsabilidade e atenção” revela.

Sequência de Ó Paí Ó

Em 2018, surgiram as primeiras informações sobre as gravações da sequência de “Ó Paí Ó” e Vinícius contou com exclusividade ao bahia.ba que ele está no elenco da continuação. “O elenco já se encontrou várias vezes para fazer leitura e conversar. Bate uma nostalgia muito boa, o segundo filme promete muito”, afirma.

Para quem não lembra, o personagem de Vinicius no primeiro filme morre numa ação da polícia na noite de carnaval, mas ele promete surpresas com sua participação. “É esse gosto que a gente quer deixar, a interrogação na cabeça de vocês (risos).”

Reveja a cena do “amarra o mal” no filme:

 

BAHIA BA

Facebook Comments