Data de Hoje
2 August 2021

Antes de ‘estourar a bomba’, Temer pretendia ser candidato em 2018: “Vou para o segundo turno”

Antes da delação de Joesley Batista vir à tona e revelar escândalos envolvendo o governo, o presidente Michel Temer (PMDB) estava convicto de que seria candidato à presidência em 2018. O peemedebista recebeu estudos levados a ele pelo ministro Moreira Franco (PMDB) e estava animado com a possibilidade de se eleger.

“Estarei no segundo turno”, disse Temer a interlocutores antes da bomba explodir no Planalto. Temer achava que a reforma da Previdência iria avançar no Congresso e a economia aceleraria no próximo ano, fazendo com que sua popularidade subisse. As informações são da coluna de Monica Bergamo, da Folha de São Paulo.

Facebook Comments