Data de Hoje
20 June 2021
Lateral João Paulo vem por empréstimo da Macaca e fica no Fazendão até o fim do Baiano (Foto: Divulgação)

Antes do fechamento da janela, Bahia faz reparo no elenco e aguarda novo matador

Correndo contra o tempo, tricolor tem até a próxima segunda-feira (14) para reforçar o time

Falta um parâmetro objetivo para medir, mas não é exagero afirmar que as contratações do Bahia neste ano deram mais alegria quando foram anunciadas as rescisões. Foi assim com Chicão, Adriano Alves, Willians Santana, Léo Gamalho e, ontem, Alexandro.

Às vésperas do fechamento da janela de transferências da Série B, que é segunda-feira, o tricolor fez reparos no elenco. O atacante Alexandro, que disputou 13 jogos pelo Esquadrão e marcou dois gols, rescindiu o contrato que ia até maio de 2016 para acertar com a Ponte Preta, clube que já defendeu no ano passado.

Em contrapartida, o Bahia afirma que receberá compensação financeira e traz por empréstimo do time paulista o lateral-esquerdo João Paulo também até maio de 2016. O jogador de 25 anos tem um histórico de lesões complicado, com duas lesões no tornozelo que o afastaram por cinco meses cada de outubro de 2014 pra cá, e só atuou em quatro partidas neste ano.

“Não trabalhei com ele, mas conheço desde a época de Fluminense. Jogou no Mogi, Figueirense, tem boa velocidade, bom na marcação. Tive a intenção de levar a uma equipe que estava trabalhando, certa vez.  Vai contribuir pro setor”, acredita o técnico Sérgio Soares, que tem Marlon, Vitor e Ávine, o titular diante do Bragantino, hoje, às 19h, na Fonte Nova.

Novo matador

Para a lacuna deixada por Alexandro, o Bahia não perdeu tempo em contratar um novo centroavante. Trata-se de Roger, que rescindiu ontem o seu contrato com a Chapecoense e vai assinar com o tricolor. O jogador passou pelo Vitória em 2009, sendo artilheiro do time no Brasileiro com 15 gols. Em 2015, Roger disputou 26 jogos pelo clube catarinense e marcou 12 gols.

RTEmagicC_Roger-chepe_Divu.jpg

Com passem pelo Vitória, Roger é mais um a reforçar o ataque tricolor (Foto: Divulgação)

Por causa de uma lesão e da volta do ídolo do clube, Bruno Rangel, Roger perdeu espaço na equipe treinada por Vinícius Eutrópio. No Bahia, ele será o terceiro jogador que chega este ano com a missão de ser a referência no ataque. Antes, a diretoria tentou com Léo Gamalho e Alexandro, mas ambos não agradaram e deixaram o clube.

O Bahia ainda busca mais um reforço para o meio-campo até o fim da janela. O meia Rodriguinho, do Corinthians, foi procurado, mas as negociações, em princípio, não avançaram. Com a confirmação de Roger e João Paulo, o tricolor chega a 22 contratações na temporada.

Por Bruno Queiroz / Correio
Facebook Comments