Data de Hoje
27 July 2021

Apenas 0,2% dos torcedores precisaram de atendimento na Copa, diz governo

Apenas 0,2% dos torcedores precisaram de atendimento na Copa, diz governo

Foto: Joilson César/ Ag Haack/ Bahia Notícias

 
O Ministério da Saúde divulgou que somente 0,2% dos 3,4 milhões de torcedores que visitaram o país durante o Mundial necessitaram de atendimentos de saúde. O porcentual é menor do que o registrado em Copas de outros países. A expectativa era de que 1% a 2% precisassem de auxílio. A pasta contabilizou 17.042 atendimentos dentro e fora dos estádios da competição, assim como no entorno das Fan Fests e outros locais de concentração de turistas. Do total, 7.055 ocorreram nas arenas, com apenas 192 remoções para unidades de saúde. Assim, 97,3% dos casos foram resolvidos no próprio local. Os dados foram apresentados pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro, durante balanço sobre a Copa do Mundo no Brasil, nesta segunda-feira (14), no Centro Integrado de Comando e Controle de Brasília. A maioria dos casos atendidos foi relacionada a ocorrências clínicas como dor-de-cabeça, mal-estar súbito, hipertensão, lesões, torções e quedas de baixa gravidade. Nos locais de monitoramento não foi registrada nenhuma notificação de doença transmissível de importância para a saúde pública. O levantamento foi obtido a partir do monitoramento diário feito em parceria com os centros instalados nas 12 cidades-sede do campeonato.
Facebook Comments