Data de Hoje
22 June 2021

“Apoio incondicionalmente a categoria”, diz Hilton Coelho sobre os servidores em greve

A sessão desta quarta-feira (12) teve a presença dos Agentes Comunitários de Saúde e Combate a Endemias do Sindacs na galeria, onde não aceitaram a presença de representantes do Sindseps.

Existe uma divisão clara entre os militantes. A categoria que ocupou toda a galeria da casa, ovacionou os oposicionistas. Os agentes ocupam a câmara a mais de três semanas e estão prestes a entrar no seu segundo mês de greve, e afirmam que estão dispostos a tudo.

O Sindseps foi o responsável por realizar o trabalho na mesa de negociações da prefeitura, que não é acordada pela outra entidade. O clima ficou tenso e até a polícia foi acionada para garantir a segurança do plenário.

A categoria em greve cobra do Executivo Municipal o pagamento do piso nacional no valor de R$ 1.041, aprovado na Câmara e sancionado pela presidente Dilma Rousseff.

Em entrevista ao Portal Click Notícias o vereador Hilton Coelho (PSol) diz apoiar incondicionalmente a categoria. Questionado se a divisão ajuda ao governo e ao patrão a negociar, Hilton disse perceber que existe uma vontade da categoria muito expressiva. “A categoria vem ocupando a câmara dos vereadores, é uma greve de mobilização, acho que o governo joga um pouco com a perspectiva de dividir os trabalhadores, mas a vontade da categoria está evidente: pedem que o piso nacional, que já foi não apenas aprovado nacionalmente, mas já foi regulamentado, seja respeitado”, informou.

Nossa equipe informou a Hilton que, em entrevista anterior, um vereador da bancada do prefeito afirmou que o piso nacional foi aprovado, mas o governo federal não passou essa verba para os municípios, em especial, Salvador.

Hilton disse que o recurso destinado para a saúde já está definido e regulamentado. “Não existe possibilidade de você regulamentar se não existe uma dotação orçamentaria para aquilo, seria algo que não bateria. Não podemos acreditar nisso. E apoiamos incondicionalmente os agentes de saúde”, concluiu.

DSCN5559

Fotos: Mara Silvany / Click Notícias

Durante o ato em frente a Câmara dos vereadores, os agentes se manifestavam com pedidos, faixas e gritos. Uma servidora desmaiou logo após seu discurso, e todos se aglomeram para prestar atendimento, inclusive o vereador Hilton Coelho.

Por: Mara Silvany/ Click Notícias

Facebook Comments