Data de Hoje
22 June 2021
Foto: Reprodução/Getty Images

Após denúncias de corrupção, Fifa anuncia saída de secretário-geral

Após ser acusado de ter operado um sistema de venda de ingressos para a Copa de 2014, o secretário-geral da Fifa, Jérome Valcke, foi demitido do cargo. Em um comunicado divulgado pela entidade nesta quinta-feira (17), a Fifa anunciou a saída do francês, que deixa a função de forma imediata. Ele foi investigado pelo Comitê de Ética da entidade e foi “retirado de suas funções”. Valcke estava na Fifa desde 2003 e era considerado o segundo homem mais poderoso após o presidente Joseph Blatter.

Segundo as investigações, o agora ex-secretário-geral fechou acordos para ficar com 50% dos lucros das vendas de ingressos da Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil. O esquema teria envolvido mais de 2 milhões de euros (R$ 8,6 milhões) para o cartola.

“A Fifa anuncia hoje que o secretário-geral Jérôme Valcke foi colocado sob licença e retirado de suas funções imediatamente até novo aviso. Além disso, a Fifa recebeu uma denúncia de uma série de acusações sobre o secretário-geral e requisitou uma investigação sobre o Comitê de Ética”, escreveu a entidade no comunicado.

Por Metro 1
Facebook Comments