Data de Hoje
30 July 2021

Após saída de César Borges de ministério, José Rocha perde presidência do PR baiano

jose-rocha

Após o ex-ministro dos Transportes César Borges (PR) ter sido substituído na última quarta-feira (25) pelo também republicano Paulo Sérgio Passos, que já assumiu a pasta na gestão de Lula, ocorreu nova troca nesta quinta-feira (26) envolvendo a legenda, desta vez na Executiva estadual: no lugar do deputado federal José Rocha, presidente do PR na Bahia, entrará seu companheiro na Câmara, João Carlos Bacelar. “O que aconteceu foi que nós perdemos muitos deputados federais e deputados estaduais e então resolvemos dar uma reestruturada no partido, que está meio adormecido na Bahia”, explica o senador Antônio Carlos Rodrigues, secretário-geral da sigla. Nos seus cálculos, a agremiação perdeu três dos quatro ocupantes da Câmara Federal e um dos membros da Assembleia Legislativa. Indagado sobre a relação entre as duas mudanças no âmbito do partido – a primeira é apontada como condicional para o PR firmar apoio ao PT nas eleições deste ano – o congressista afirma que os dirigentes não sabem “o que está acontecendo exatamente”. Rodrigues, no entanto, afirmou que Bacelar “tem maioria na Executiva e que para onde ele tender, nós faremos a coligação”. O parlamentar já havia atacado Rocha no último dia 20, quando já circulavam rumores de uma possível saída do PR da base aliada petista. "O apito dele [José Rocha] é mudo. O partido nacionalmente contradiz as decisões de Zé Rocha na executiva estadual", disse Bacelar, que também deve indicar mudanças após o fim do prazo para as definições das chapas, nesta segunda-feira (30). “Estamos aguardando uma reunião com Bacelar, vai depender dele”, diz o senador. O encontro ainda não tem data definida.

Facebook Comments