Data de Hoje
19 May 2021
Operações apreenderam roupas e eletrônicos ao longo do ano (Foto: Marcello Carvalho/G1)

Apreensões de contrabando sobem 4,86% em 2015, para R$ 1,88 bilhão

Informação foi divulgada nesta quarta-feira pela Receita Federal. 

Segundo o Fisco, houve alta de apreensão de medicamentos e pneus.

A fiscalização da área de comércio exterior da Secretaria da Receita Federal apreendeu R$ 1,88 bilhão em mercadorias e veículos em consequência de tentativas de contrabando ou fraude em 2015, o que inclui as aduanas (portos, aeroportos e unidades de fronteira terrestre), segundo informações divulgadas nesta quarta-feira (3) pelo órgão. O valor representa um aumento de 4,86% sobre 2014 (R$ 1,8 bilhão), mas ainda ficou abaixo do recorde de R$ 2,02 bilhões registrado em 2012.

“O uso de técnicas de gestão de riscos permite que as equipes se concentrem naquela pessoa ou organização que apresenta maior probabilidade de estar tentando fraudar importações ou exportações, liberando aqueles cidadãos que estão agindo corretamente”, informou o coordenador-geral de Administração Aduaneira do Fisco, José Carlos de Araújo.

Entre as mercadorias apreendidas, encontram-se produtos falsificados, tóxicos, medicamentos e outros produtos sensíveis, inclusive armas e munições, que, de acordo com a Receita Federal, “possuem grande potencial lesivo”. De acordo com o órgão, as apreensões de armas e munições subiu 43% no ano passado, para R$ 619 mil. Já o valor de apreensões de medicamentos teve uma elevação de 97,73%, para R$ 8,79 milhões no ano passado. Ao mesmo tempo, as apreensões de pneus subiram 122%, para R$ 12,81 milhões em 2015.

Alexandro Martello/G1
Facebook Comments