Data de Hoje
2 December 2021

Aprovado o projeto de lei do Executivo Municipal que desafeta o terreno do Sindicato dos Petroleiros

Em sessão conturbada na Câmara de Salvador, por ter na galeria agentes de endemias, pedindo que seja votado o aumento de salário para a categoria, hoje (29), o vereador Henrique Carballal – em entrevista ao Click Notícias – explicou um pouco sobre o projeto no qual defende: o projeto de lei do Executivo Municipal, que desafeta o terreno do Sindicato dos Petroleiros (Sindipetro), localizado no bairro do Stiep. O fato é tido como uma “reparação histórica” pelo vereador Moisés Rocha (PT), representante da categoria na Casa.

De acordo com Carballal, essa é uma dívida de mais de 30 anos que foi contraída pelo Município, na época da gestão de Mário Kertész, no qual o prefeito entregou o terreno, mas havia irregularidades que não garantiu a propriedade para o sindicato. O vereador Moisés Rocha (sindicalista vinculado a esse movimento) negociou junto ao vereador Caballal que intermediou a gestão municipal com o vereador Moisés Rocha (PT), onde o sindicato elaborou o projeto que foi votado e aprovado.

Segundo o vereador, a emenda garante apenas que, além da construção da sede no terreno, futura propriedade do sindicato dos Petroleiros, casas populares e habitações para pessoas filiadas ao sindicato também sejam construídas.

O projeto discutido na Câmara visa a construção da sede, onde todos aprovaram, mesmo surgindo, inesperadamente, uma outra emenda de um parlamentar que trata de outra desafetação que causou tumulto.

Questionado se irá para o Partido Verde (PV), disse: “Não sei, estamos acertando aí. Hoje eu já vim de gravada meio verde”, sorriu.

Por: Mara Silvany / Click Notícias

Facebook Comments