Data de Hoje
24 September 2021

Arnaldo se irrita e grita com narrador Cleber Machado em discussão ao vivo no Sportv

O clima voltou a esquentar entre narrador e comentarista em programa ao vivo do Sportv. Se há 2 anos, na Olimpíada de Londres, o bicho pegou entre Galvão Bueno e Renato Maurício Prado (este, já em outra emissora), desta vez o bate-boca teve como protagonistas Cleber Machado e o analista de arbitragem Arnaldo Cezar Coelho, e o palco o "Bem, Amigos" desta segunda.

Leia mais:
Cleber Machado ironiza liderança do Corinthians no “SPTV” da Globo
Globo comete gafe e exibe pergunta do “amigo internauta” com erro de português

Cleber ficou indignado com mais uma interferência do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) em uma decisão de campo ao punir com suspensão de um jogo o jogador do Palmeiras, Tiago Alves, por cometer um pênalti, não marcado pela arbitragem, na primeira rodada do Brasileirão, quando o Verdão venceu o Criciúma por 2 a 1 (após o jogo, o atleta assumiu que fez a penalidade).

"Beira o absurdo. O juiz não deu a falta, não deu o pênalti e o tribunal tá apitando o jogo?", questionou Cleber. Arnaldo discordou do narrador e disse que cabe punição tanto ao árbitro, pela erro no jogo, quanto ao jogador. "O Tribunal suspender por causa de lance de jogo [pênalti] que ele não deu?", insistiu Cleber, ganhando apoio do ex-jogador comentarista, Caio Ribeiro, para descontentamento ainda maior de Arnaldo.

Renato Maurício Prado deixou o Sportv após discutir com Galvão na Olimpíada de Londre …Minutos depois, o analista de arbitragem da Globo analisava um lance de toque de mão do atacante Guerrero, no gol que marcou e que valeu a vitória do Corinthians sobre a Chapecoense, no domingo.

O narrador, então, aproveitou e voltou à carga e iniciou-se o bate-boca:

Cleber: "posso fazer uma pergunta? Tem que suspender o Guerrero?"

Arnaldo: "ô, meu amigo, que suspender Guerrero. Você já tá exagerando. Você tá querendo justificar…", reagiu, já irritado.

Cleber: "ah, o Tiago tem que suspender?", cutucou.

Arnaldo: "o Tiago deu uma porrada, rapaz", respondeu, aos berros. "Você tá querendo me enrolar?", completou.

Cleber: "não precisa ficar nervoso."

Arnaldo: "não tô nervoso, não. É que você, pra fortalecer o seu argumento…"

Cleber: "não, não precisa ficar bravo. Não precisa ficar bravo nem ficar gritando. Ei, não precisa gritar, não."

Minutos depois, com os ânimos acalmados, aparentemente a coisa se acertou entre ambos. "Ô Cleber, desculpe-me de eu ter, ao vivo, exagerado numa palavra", disse Arnaldo, que depois foi ao encontro de Cleber para apertar sua mão.

 

 

 

 

 

 

https://www.youtube.com/watch?v=zkjhwXFTocQ#t=28  video

 

 

 

 

Facebook Comments