Data de Hoje
15 April 2021

Assembleia decide que emergência do Hospital Espanhol continuará fechada

Assembleia decide que emergência do Hospital Espanhol continuará fechada

Foto: Reprodução

 
A emergência do Hospital Espanhol continuará fechada. Uma assembleia realizada na noite desta segunda-feira (12) não conseguiu determinar a reabertura da unidade que não faz atendimentos desde o dia 26 de abril. A intenção da direção do hospital era que a emergência voltasse a funcionar nesta quarta-feira (14). O diretor do corpo clínico do hospital Djean Amorim disse que o estabelecimento ainda deve se pronunciar oficialmente sobre a decisão. Segundo a representação dos médicos (Sindimed), a falta de insumos e materiais impedem que o local volte à normalidade. Na paralisação deflagrada no final do mês passado, os profissionais reclamaram de desfalques da equipe médica; falta de materiais, equipamentos e medicamentos; além de atrasos no pagamento de salários e a falta de recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e da contribuição à Previdência Social (INSS). Participaram da reunião desta terça, o diretor médico do estabelecimento, Fábio Vilas Boas, além de representantes da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), do Conselho Regional de Medicina da Bahia (CRM-BA), do Sindimed e da Associação Baiana de Medicina (ABM). O primeiro fechamento da emergência se deu em abril de 2013 -, quando a própria instituição admitiu a falta de condições de funcionamento. Um empréstimo feito pela Caixa Econômica (R$ 53 milhões) e Agência de Fomento do Estado (Desenbahia, R$ 50 milhões) foi firmado para salvar a unidade, mas o Espanhol ainda aguarda R$ 25 milhões do banco federal, que suspendeu o repasse por identificar irregularidades no processo de gestão
Facebook Comments