Data de Hoje
17 June 2021

Assessor de deputado é preso por porte ilegal de arma e ele faz ‘vaquinha’ para soltar

O deputado estadual Hildécio Meireles (PMDB) se juntou “com uma turminha” para pagar a fiança de um assessor do próprio gabinete, preso neste domingo em Valença – no baixo sul. De acordo com o site Nas Malhas da Lei, Carmino Santos Jesus impediu o trabalho de policiais que procuravam por dois suspeitos em um bar de sua propriedade. Ainda segundo o site, dentro do local foi encontrado um revólver calibre 38 municiado com seis cartuchos intactos dentro de uma caixa de papelão em cima da geladeira. Com um dos suspeitos, a PM apreendeu drogas. Os três foram levados para a delegacia. Carminho foi indiciado por porte ilegal de arma e desacato a autoridade. Contatado pelo Bahia Notícias, o deputado defendeu o empregado. “Ele é uma pessoa do bem. Ajudei a liberar ele da delegacia. Me juntei com uma turminha para contribuir”, afirmou. De acordo com o parlamentar, Carmino será chamado para “conversar sobre a situação”. “Vou lá em Valença ver isso esses dias”, apontou

Facebook Comments