Data de Hoje
22 January 2022

Assinaturas de site pornô do Brasil dobram por conta do coronavírus

Parece piada, mas não é. Em meio ao drama vivido pela contaminação do coronavírus, o site da Brasileirinhas, maior e mais antiga produtora de filmes eróticos do Brasil, está registrando o dobro de assinaturas diárias habituais desde a última segunda-feira (16/3) – quando a pandemia começou a trancar as pessoas em casa de fato.

Segundo a produtora informou à coluna de Ricardo Feltrin, do portal UOL, na semana passada houve uma média de 312 assinaturas diárias. Na segunda e na terça desta semana esse número passou para mais de 600.

Ainda de acordo com a publicação, somente nesta última quarta-feira (18/3), até 12h, o site já havia recebido 295 novos assinantes. O site tem dois planos: o de R$ 29,90 dá direito a assistir ao, digamos, “BBB” semanal com as atrizes.Mesmo antes da pandemia, o setor dos filmes eróticos no Brasil já dava mostras de estar ao largo da crise econômica, com um faturamento milionário.

ITALIANOS

No mundo pornô internacional, a notícia da semana foi o site Pornhub que liberou o acesso de conteúdo premium de sua plataforma para todos os italianos. A Itália tem sido um dos países mais afetados pelo vírus. O site também decidiu doar as receitas de março para os italianos.

Facebook Comments