Data de Hoje
20 April 2021

Assistir à pornografia pode trazer prejuízos ao cérebro, diz estudo

Assistir à pornografia pode trazer prejuízos ao cérebro, diz estudo

 

 
Homens que assistem a vídeos pornográficos na internet podem ter menos matéria cinzenta em certas partes do cérebro. Segundo um estudo alemão divulgado nesta quinta-feira (29), eles podem também sofrer redução da atividade cerebral. "Encontramos um importante vínculo negativo entre o ato de ver pornografia durante várias horas por semana e o volume de matéria cinzenta no lóbulo direito do cérebro", afirmaram os cientistas do Instituto Max Planck para o Desenvolvimento Humano em Berlim. O efeito também é verificado na redução da atividade do córtex pré-frontal.  "Estes efeitos poderiam incluir mudanças na plasticidade neuronal resultante de intensa estimulação no centro do prazer", acrescenta o estudo. No entanto, os autores não puderam provar que estes fenômenos sejam causados diretamente pelo consumo de pornografia. Por isso, os pesquisadores afirmam que é necessário continuar com as pesquisas. O que eles consideram avanço é que o estudo já fornece um primeiro indício da relação entre o ato de assistir pornografia e a redução do tamanho e da atividade do cérebro como reação ao estímulo sexual. A pesquisa foi publicada na edição online da revista "Psychiatry", da Associação Médica Americana.
Facebook Comments