Data de Hoje
12 April 2021

Associação pede inclusão de autistas na lista de prioridade para vacinação contra Covid-19

 

A celebração do Dia Mundial de Conscientização do Autismo, neste 2 de abril, será marcada pelo pedido especial para inclusão da categoria na lista de prioridade da vacina contra a Covid-19.

O reforço é feito em Salvador pelo vice-presidente da Associação de Amigos do Autista da Bahia (AMA-BA), Leonardo Martinez, ao falar das dificuldades enfrentadas por esse público durante a pandemia.
Martinez afirma que o Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) é uma condição de saúde que causa um déficit na comunicação social e no comportamento, e, por causa dessa dificuldade, as pessoas com autismo correm mais risco de se contaminar com a Covid-19 e partirem direto para um tratamento mais invasivo, já que eles não aceitariam certos tipos de tratamento, como o catéter nasal.

“Nós (pessoas que não possuem o espectro) temos todo um passo a passo se pegarmos a doença. Primeiro ficamos em casa, depois, se precisar, vamos para o hospital, então usamos um cateter nasal ou uma máscara de refluxo e vai evoluindo para algo mais invasivo. A pessoa com autismo não permite o cateter nasal, por exemplo, por isso eles precisam ser sedados e, consequentemente, partem para um tratamento mais invasivo. Por isso que pedimos prioridade na vacinação”, afirma Leonardo Martinez.

Ele diz esperar que os colaboradores e profissionais da AMA, que também não foram vacinados, sejam contemplados quando os trabalhadores da educação começarem a receber as doses. Assim, a associação poderá retomar os atendimentos com mais segurança para a equipe.
“No Dia Mundial do Autismo, nós temos duas grandes lutas: a vacinação dos autistas como grupo prioritário e a segunda demanda é vacinar a equipe da AMA, que está vinculada à educação, para retomarmos nossas atividades o mais breve possível”, reforça.

Facebook Comments