Data de Hoje
31 July 2021
Foto reprodução

Atenção! Açúcar diminui libido e acarreta baixa autoestima

Segundo uma pesquisa da Universidade de Chicago, nos EUA, 33% das mulheres a partir dos 18 anos de idade reclamam de oscilações em sua libido e da falta de desejo sexual.
Outro levantamento sobre este assunto, feito pelo também norte-americano Instituto Kinsey, conta que um dos motivos naturais é o avançar da idade, já que entre os 20 e os 40 anos há uma queda de 7,6% no número de vezes que se faz sexo por ano. 

Mas esta não é a única razão pela qual a libido diminui. O motivo pode ser biológico ou também emocional. “O mais potente órgão sexual da mulher é o seu cérebro. Se ela não está bem com a sua autoestima, não se sente preparada e segura para o ato”, diz o ginecologista e presidente da Comissão Nacional de Sexologia da FREBASGO, Gerson Lopes.

Ainda de acordo com a pesquisa do Instituto Kinsey, a alimentação está ligada diretamente com o bem-estar feminino, e é um das primeiras razões da baixa autoestima.

Uma dieta rica em açúcares, por exemplo, pode agravar este quadro. O açúcar é absorvido muito rapidamente pelo nosso organismo, portanto, a vontade de repetir a dose também é rápida.

Isso pode resultar em um quadro de irritação e cansaço prolongados. Sem contar que este vilão faz ganhar peso e não acrescenta nenhum nutriente.

Prova disso é a dieta Sugar Buster, de pesquisadores norte-americanos, a segunda mais seguida no país, que defende o corte de açúcar. Confira dicas simples para pôr em prática e acabar com o vício:

1. Não pare de comer açúcar de uma hora para a outra. Quanto mais radical a parada, mais rápido o organismo sentirá falta dele e você terá mais vontade de voltar aos antigos hábitos alimentares. Dê-se um prazo de duas semanas e vá aos poucos.

2. Todo mundo adora um docinho após as refeições. Neste momento (e em todos os outros que sentir vontade) substitua por uma fruta. Só não se esqueça que algumas delas são super calóricas e devem ser excluídas do cardápio.

3. Na hora das compras no mercado, escolha as opções de produtos livres de açúcares. São muitas!

4. Não são só os doces que carregam açúcar. Alimentos como pão e arroz branco, refrigerantes, massas, batata, milho e até beterraba são riquíssimos na substância. A dica é fazer substituições: lentilha, feijão, arroz e pão integrais e brócolis são boas pedidas.

5. Qualquer tipo de carne (bovina, peixe e frango) deve ser grelhado em vez de frito. Os vários tipos de óleos para culinária são ricos em gorduras, que se transformam em açúcares durante a quebra de moléculas da digestão.
(com informações do site UOL)

Facebook Comments