Data de Hoje
23 September 2021

Ato contra impeachment de Dilma reúne milhares de pessoas no Campo Grande nesta sexta

Cerca de 15 mil pessoas se reuniram na tarde desta sexta-feira (18) no Campo Grande em ato em prol do governo Dilma. Os protestos aconteceram de forma pacífica e contou com militantes de várias regiões da Bahia, que chegaram em cerca de 32 ônibus fretados, de acordo com informações da deputada estadual Neusa Cadore, uma das líderes do movimento.

Manifestantes gritavam palavras de ordem como “Não vai ter golpe”, “abaixo a volta da ditadura” e também realizaram manifestação contra a Rede Globo de Televisão. De acordo com Gilmar Santos, técnico industriário, a emissora manipula a população contra o governo Dilma. “A Rede Globo é um câncer no Brasil. Ela usa a pobreza e falta de informação do povo para manipular as pessoas”. Polemizou o técnico. No movimento, ele utilizava uma camiseta na qual expressava sua indignação contra a emissora. Veja o vídeo.

https://www.youtube.com/watch?v=N-IfVg-R-7U&feature=youtu.be

Confira outros depoimentos colhidos durante a manifestação:

Foto: Mara Silvany/ Click Notícias

Foto: Mara Silvany/ Click Notícias

“Nós estamos na rua porque acreditamos nessa política e protestamos o que está acontecendo no país, que é um ataque a democracia. A Operação Lava Jato é um engano. Se querem passar o Brasil a limpo, tem que ser investigado tudo que está sendo falado nas delações premiadas, e não escolher lideranças do PT e querer tirar Dilma e Lula do poder”. Nelsa Cadore, Deputada Estadual.

Foto: Mara Silvany/ Click Notícias

Foto: Mara Silvany/ Click Notícias

“Nós estamos aqui contra o retorno da ditadura, e a favor da democracia e o respeito as urnas: Dilma Rousseff foi eleita com 54 milhões dos votos e é isso que tem que ser respeitado. Isso aqui não é só a favor do ex-presidente Lula e da presidente Dilma, é um movimento a favor da democracia”. Robherval Santos, músico.

Foto: Mara Silvany/ Click Notícias

Foto: Mara Silvany/ Click Notícias

“Essa é a manifestação de quem não aceita nenhuma ação golpista, partindo inclusive de pessoas e partidos que não tem uma das histórias mais finas desse país. Nós estamos em defesa da soberania nacional e não aceitamos nenhum tipo de retrocesso”. Vânia Galvão, Vereadora.

 Neste momento os manifestantes estão reunidos na Praça Castro Alves em continuação do ato.

Felipe Freaza/ Click Notícias

Facebook Comments