Data de Hoje
16 October 2021

Ator de ‘Carinha de Anjo’ morreu por asfixia acidental

Foto: Reprodução/Facebook

Varela net

O ator Luiz Carlos Araújo, 42 anos, foi encontrado morto de cueca e com saco preto na cabeça dentro do apartamento onde morava na cidade de São Paulo no dia 11 de setembro. Segundo análise do laudo do IML (Instituto Médico Legal), a morte foi causa por asfixia acidental. O ator fez parte do elenco da novela “Carinha de Anjo”, do SBT.

“Consta da ocorrência que a vítima foi encontrada com um saco preto na cabeça, prática essa conhecia em Literatura Médica como re-respiração, usada com certa frequência para aliviar a respiração rápida e descontrolada em situações de ansiedade e em muitas práticas de asfixiofilia/parafilias, com o intuito de aumentar o teor de dióxido de carbono e diminuir o teor de oxigênio, variações estas que causam vasodilatação ou vasoconstrição de vasos extra e endocranianos. Tal prática pode ter como complicação a asfixia por confinamento (troca do ar respirável por ar irrespirável)”, diz o laudo do IML.

De acordo com o documento, a conclusão é que “a associação de antidepressivos, cocaína e álcool, com consequente rebaixamento do nível de consciência, associada ao confinamento foram as causas da morte (acidental)”.

O corpo de Luiz Carlos foi encontrado pelo porteiro e amigas

Em entrevista ao Uol, a amiga do ator e também atriz Marilice Cosenza, contou que entrou em contato com ele diversas vezes, mas a ligação caia na caixa postal. Ela suspeitou que algo havia acontecido e pediu a outras amigas para que fossem verificar o apartamento do ator no último sábado (11). Chegando na porta, elas e o porteiro sentiram um forte cheiro exalando do local e chamaram a polícia.

“Ninguém atendeu a porta. O porteiro foi, tocou [a campainha] e sentiu um cheiro muito forte vindo do apartamento. Chamaram a polícia e um chaveiro. Abriram o apartamento e encontraram o Luiz na cama, já falecido. Parece que ele estava ali há uns três, quatro dias”, contou a atriz.

Ontem (22), o namorado do ator, costumado a frequentar o apartamento prestou depoimento sobre o caso, mas o conteúdo não foi divulgado.  Nas investigações, a Polícia Civil considerou a hipótese de homicídio, mas foi descartada após o laude do IML.

Facebook Comments