Data de Hoje
28 November 2021

Vídeo Autor de cotovelada brutal é condenado a cinco anos no semiaberto

Jurados acataram tese da defesa e condenaram Anderson Lúcio de Oliveira por lesão corporal grave. Vítima permaneceu um mês em tratamento psiquiátrico

 

Pouco mais de um ano depois de agredir a jovem Fernanda Regina Cézar com uma cotovelada brutal, o empresário Anderson Lúcio de Oliveira foi condenado na noite desta terça-feira a cinco anos de prisão em regime semiaberto pelo crime. Levado a júri popular, Oliveira acabou condenado por lesão corporal grave, e não tentativa de homicídio, como queria a Promotoria.

O empresário foi preso depois que as imagens da agressão, ocorrida em 16 de agosto de 2014, se tornaram públicas. As cenas mostram a mulher discutindo com outra pessoa e, quando ela se dirige ao empresário, este a golpeia violentamente com uma cotovelada no rosto. Fernanda cai desmaiada, enquanto o agressor permanece impassível, com uma lata de cerveja na mão. Em seguida, ele deixa o local sem prestar socorro à vítima. Fernanda sofreu traumatismo craniano e só recebeu alta do hospital no dia 2 de setembro.

Após a alta hospitalar, ela apresentou distúrbios neurológicos e permaneceu um mês em tratamento psiquiátrico. Laudo do Instituto Médico Legal (IML) atestou que a mulher sofreu lesões graves decorrentes da agressão. O Ministério Público considerou que o acusado agiu com dolo e com intenção de matar a jovem. Os jurados, contudo, acabaram por acatar a tese da defesa, condenando-o por lesão corporal.

Facebook Comments