Data de Hoje
16 May 2021
O caso ocorreu na noite deste domingo, 24, no Pelourinho (Adilton Venegeroles l A Tarde)

Autor de morte no Pelourinho é PM e alegou legítima defesa

Se apresentou à polícia na manhã desta segunda-feira, 25, o homem que matou o jovem George Souza de Oliveira, 25 anos, na noite deste domingo, 24, no Pelourinho.

Paulo Ferreira dos Santos é policial militar reformado por problemas de saúde. Em depoimento, ele alegou legítima defesa. Ele contou que houve uma discussão com a vítima que estaria mexendo na sua motocicleta. Na briga, Paulo atirou no suspeito.

Segundo a Polícia Civil, o ex-policial se apresentou na companhia onde trabalhava e depois foi encaminhado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que investiga o caso.

Paulo ainda entregou à polícia a arma usada para balear o jovem, que passará por perícia. Após depoimento, o autor do disparo foi liberado e vai aguardar em liberdade.

O crime

George Souza morreu depois de ser baleado no tórax, na noite de domingo, no Pelourinho. De acordo com a Superintendência de Telecomunicações das Polícias Civil e Militar (Stelecom), a vítima chegou a ser socorrida até o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu ao ferimento.

Conforme a polícia, testemunhas informaram que George era usuário de drogas e praticava pequenos furtos na região do centro histórico de Salvador.

Por A Tarde
Facebook Comments