Data de Hoje
10 May 2021

BAHIA ABANDONADA: ÍNDICE DE ASSALTOS E ASSASSINATOS CRESCEM A CADA DIA

De acordo com uma pesquisa feita pela equipe do Click Notícias, entre os dias 20 de setembro à 20 de outubro, foi registrado uma serie de casos de violência no qual está solando em todo o estado baiano.

A onda de homicídios, tentativas de roubos, assalto a mão armada, explosões em caixas eletrônicos têm crescido desordenadamente. Apesar dos assaltos a ônibus terem diminuído, não deixam de acontecer semanalmente, sendo um meio de transporte com falta de segurança, muitas das vezes hostil. A população baiana tem medo de sair de casa, andar de ônibus, deixar as crianças brincarem na rua, de frente para sua própria casa, o que antes era divertido, hoje se tornou uma situação arriscada.

A violência ou as causas externas (homicídios, acidentes de trânsito, violência sexual e suicídios) têm sido a segunda causa de morte da população do Estado da Bahia e de Salvador nos últimos anos (a exceção do ano de 2004, que se constituiu na terceira causa de morte) e a primeira quando se considera o gênero masculino na faixa dos 15 aos 39 anos. Na verdade, tem sido a primeira causa para a população a partir dos 5 anos de idade. Em Salvador, tem-se tido uma média de 5 a mais mortes violentas por dia.

O número médio, no entanto, não corresponde a uma distribuição igualitária na população ou no espaço da cidade: a maior parte das pessoas mortas é composta por homens jovens, negros, de baixa escolaridade, com profissão pouco qualificada, moradores de bairros de condições sócio econômicas mais precárias.

De 2006 a 2010, o índice de violência na Bahia cresceu 50%, em Salvador, o aumento foi de 70%. Para as metrópoles, a Organização das Nações Unidas (ONU) considera aceitável 12 homicídios a cada grupo de 100 mil habitantes; Salvador apresenta taxa de 62 assassinatos por grupo. O índice de homicídios registrados em Salvador é cinco vezes maior do que a ONU considera como ‘suportável’.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), no entanto, divulgou nota oficial alegando que a taxa de homicídios em Salvador teve redução de 14,6% no mês de janeiro deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado. Ainda segundo a SSP, a redução da violência na Região Metropolitana de Salvador foi de 13,2%.

Veja os dados abaixo

Entre 20 de setembro à 20 de outubro de 2015 foram registrados:

Assaltos e roubos: 96

Homicídios: 54

Assaltos a ônibus: 57

Explosões em caixa eletrônico: 24

Briga entre facção: 13

Violência sexual: 225 casos foram registrados pela polícia baiana em Salvador no período de seis meses

Por Click Notícias

Facebook Comments