Data de Hoje
15 June 2021

Bahia leva 4 a 1 do Sport em Recife e é eliminado da Copa Sul-Americana

Tricolor teve zagueiro expulso e não conseguiu segurar o rival rubro-negro

O Bahia perdeu por 4 a 1 para o Sport em Recife e foi desclassificado para a Copa Sul-Americana. O tricolor ganhou o jogo de ida por 1 a 0 na Arena Fonte Nova e tinha a vaga para a próxima fase até os 41 minutos, quando Élber fez o terceiro gol e eliminou o time tricolor. Depois de sair atrás no placar, o Bahia ainda conseguiu empatar com Maxi Biancucchi, mas viu Hernane deixar o Sport na frente de novo e levou o terceiro gol depois da expulsão do zagueiro Thales. No fim da partida, Hernane ainda marcou mais um.

Agora, o tricolor volta todas suas forças para a disputa da Série B. No sábado, às 21h, o Bahia volta a campo para enfrentar o Mogi Mirim, buscando voltar ao G4 – atualmente, o time de Sérgio Soares ocupa o quinto lugar na tabela. Jogando em casa e precisando do resultado, o Sport começou a partida com muita pressão, tentando abrir o placar. Aos 8 minutos, Ferragem recebeu bom passe na entrada da área e chutou forte, mas Douglas Pires conseguiu fazer bela defesa.  Dois minutos depois, Robson errou no corte depois de cruzamento de Diego Souza e André cabeceou livre. Douglas novamente fez linda defesa e mandou para fora.

O Bahia respondeu com Souza. Aos 16, o meia avançou pela direita e mandou um chute rasteiro com força, para fora, assustando o goleiro Magrão. O tricolor segurava o ímpeto inicial do time rubro-negro, que ainda ameaçava em jogadas rápidas. Aos 24, Maikon Leite, que deitava e rolava pela lateral, cruzou e Diego Souza cabeceou para fora.

No final do primeiro tempo, Douglas Pires salvou o Bahia de novo. Aos 41, Diego Souza recebeu cara a cara com o goleiro e chutou rasteiro, mas Douglas saiu bem, fechou o ângulo e conseguiu defender com as pernas. O Bahia teve nova chance de sair na frente com Souza. Aos 43, Pittoni lançou Alexandro, que foi até a linha de fundo e cruzou por baixo para chegada de Souza, que se antecipou mas acabou mandando para fora.

Sufoco no final

Logo na volta para o segundo tempo, no entanto, não deu para Douglas. Aos 7 minutos, Diego Souza cobrou falta na área e Rithely subiu só, cabeceando para as redes, sem chance para o goleiro tricolor. O resultado levava a partida para os pênaltis. Mas mesmo pressionado o Bahia conseguiu responder. Tiago Real, que entrou no lugar de Gustavo Blanco, ajeitou a bola depois de lançamento de Marlon, Maxi tirou do zagueiro e chutou no cantinho, deixando tudo igual.

O gol dava a vaga ao Bahia, mas a alegria logo deu lugar à intranquilidade. Primeiro Maikon Leite chutou e Douglas Pires deu rebote, mas Hernane mandou cruzado para fora, assustando a torcida tricolor. Mas minutos depois, o Brocador não perdoou. A bola sobrou para o atacante, só pela direita, chutar forte e colocar o time rubro-negro na frente de novo.

Para deixar a partida ainda mais complicada, aos 36 minutos Thales foi expulso depois de falta forte em Hernane. O zagueiro Gabriel Valongo, estreando, entrou no lugar de Maxi para recompor a zaga. E foi ele mesmo errou ao tentar cortar uma bola e deixou para Élber ficar na cara de Douglas para completar e fazer o terceiro. Já nos acréscimos, Hernane recebeu na área e chutou na saída de Douglas Pires, fechando o placar.

Por: iBahia

Facebook Comments