Data de Hoje
17 April 2024

Bahia vence o Santos de virada e encosta de vez no G-7

Na noite desta quinta-feira, o Bahia voltou a demonstrar sua força jogando dentro de casa. Contra o Santos, o Esquadrão venceu de virada por 3 a 1.

Com o resultado conquistado, o Bahia aproveita a derrota do Flamengo e cola de vez no G-7, agora com 49 pontos, contra 50 do sétimo colocado Flamengo e do sexto colocado Botafogo, que tem 51.

O JOGO

O primeiro tempo foi marcado por movimentação ofensiva por parte dos dois lados, com um gol marcado por cada lado antes do intervalo.

GOL DO PEIXE

Visitante indigesto, o Santos iniciou o jogo levando perigo com Bruno Henrique, que fez Jean trabalhar em chute de fora da área aos 15 minutos. No minuto seguinte, o próprio Bruno marcou o primeiro gol do jogo, aproveitando falha de posicionamento defensivo.

EMPATE TRICOLOR

No entanto, o Esquadrão conseguiu devolver o gol sofrido poucos minutos depois. Aos 21, Zé Rafael foi derrubado dentro da área. Pênalti para o Tricolor! Mendoza partiu para a cobrança e igualou o marcador.

Com o placar igualado, o Bahia tentou se impor no restante da primeira etapa, mas encontrava dificuldades para invadir a defesa alvinegra. O Santos, por sua vez, também esbarrava nos defensores tricolores.

SEGUNDO TEMPO

Já na segunda etapa, o Esquadrão voltou a campo com uma postura mais ofensiva e conseguiu a virada em uma jogada característica logo no início do jogo.

VIRADA

Aos nove minutos, Zé Rafael iniciou rápido contra-ataque pela direita e cruzou para área, em busca de Mendoza. Porém, no meio do caminho o volante Alison tentou cortar e empurrou para as próprias redes. Gol contra para o Bahia.

Após virar o jogo, Carpegiani promoveu mudanças no time. Edson entrou no lugar de Juninho, Régis entrou na vaga de Allione e Eder substituiu Eduardo.

TRIUNFO DO BAHIA

Aos 31 minutos, a arbitragem assinalou mais um pênalti para o Tricolor de Aço, este sofrido por Edigar Junio. Desta vez, o goleador tricolor assumiu a cobrança e também balançou as redes. Foi o 10º gol de Edigar Junio em nove jogos, o terceiro do Bahia contra o Santos.

Com o resultado nas mãos, o Esquadrão conseguiu ter a bola nos seus pés por mais tempo e tentava acelerar em contra-ataques, mas sem correr riscos de contra-golpes do Santos. Já o chegou a acertar a trave e obrigou Jean a fazer defesas nos acréscimos. Porém, o resultado final foi de 3 a 1 para o Tricolor.