Data de Hoje
23 September 2021

Bairro da Paz comemora início do Morar Melhor no bairro

Cerca de 600 moradores do Bairro da Paz já começaram a ter o sonho da reforma da própria casa realizado por meio do programa Morar Melhor. A ordem de serviço para início imediato das obras foi assinado pelo prefeito ACM Neto, durante cerimônia realizada neste sábado (17), na Primeira Avenida da Jamaica, no próprio bairro. Além da população, estiveram presentes na cerimônia secretários, gestores municipais e demais autoridades.
123
Primeira moradora a receber a ação, Sônia Santos mal acreditava ao ver os trabalhadores iniciando o reboco da casa. Ela, que tem cinco filhos e o marido está desempregado, ressaltou a importância da ação. “Toda mulher sonha em ter uma casa arrumada. O Natal está chegando e vou poder receber melhor as pessoas aqui. Estou muito feliz e vejo que o prefeito realmente cumpriu a palavra ao fazer o Morar Melhor no Bairro da Paz.”
Desde 2013, a Prefeitura tem se preocupado em realizar o maior programa habitacional que Salvador já recebeu, de acordo com o prefeito. A atuação é feita em duas vertentes, sendo uma delas o programa Casa Legal, de regularização fundiária, e o Morar Melhor, de reforma das residências precárias. “Tudo isso para dar mais dignidade à vida da população carente da cidade”, afirmou ACM Neto.
O secretário de Infraestrutura, Paulo Fontana, lembrou que o programa é realizado atendendo a critérios técnicos com base nos dados do Censo 2010 do IBGE, a exemplo da renda per capita da localidade. “São R$100 milhões de reais por ano aplicado no programa, com recursos dos próprios soteropolitanos”, complementou o secretário de Promoção Social, Bruno Reis.
O Morar Melhor é promovido  pela Prefeitura sob a coordenação da Secretaria Municipal de Promoção Social, Esporte e Combate à Pobreza (Semps), com parceria da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Defesa Civil (Sindec). A iniciativa possibilita a realização de serviços de pintura e reboco da fachada; troca de esquadrias (portas, janelas, portões, venezianas); instalações sanitárias; e recuperação ou troca do telhado. O investimento em cada imóvel é de até R$5 mil.
Pessoas que possuem casas em situação de risco cadastrados pela Defesa Civil (Codesal) ou morem de aluguel, além de famílias que apresentem renda superior a três salários mínimos, não podem ser contempladas pelo programa. A iniciativa já beneficia, desde o início deste mês, 528 residências em Nova Constituinte, no Subúrbio Ferroviário.
As próximas localidades contempladas serão São Cristóvão, Liberdade, Bom Juá, Sussuarana, Pernambués, Arraial do Retiro, Novo Marotinho, Luiz Anselmo, Cosme de Farias, Calabar, Dom Avelar e Cajazeiras IV e VI. A meta é reformar 20 mil imóveis por ano.
AGECOM – Assessoria Geral de Comunicação
Facebook Comments