Data de Hoje
16 January 2022

Bellintani joga a toalha sobre retorno financeiro do Baianão: “ridículo”

Disputar o estadual se tornou um mau negócio para o Bahia. O Tricolor só permanece na competição para evitar sanções ao clube junto à CBF e irá disputá-lo em 2019 com o time Sub-23.

Em entrevista exclusiva à Equipe dos Galáticos, na Itapoan FM, na noite desta terça-feira (16), o presidente do Bahia admitiu que desistiu do Baianão e chegou a classificá-lo como ridículo. “No meu entendimento, a Copa do Nordeste tem condições ter um maior valor econômico. Por isso o Bahia tem brigado para melhorar a competição. O Estadual, se você perceber, tanto Bahia como Vitória já desistiram de transformá-lo em algo relevante. O Baianão, já desistimos de conseguir algo melhor. O Campeonato Baiano chega a um grau ridículo no que diz respeito ao retorno financeiro para os clubes. Temos uma remuneração de R$ 800 mil por ano no Campeonato Baiano. Pior ainda para os clubes menores, coitados. Não tem como ser rentável esse modelo do Baiano. Temos contrato com a Globo até 2020 no Baianão. Já propus mudanças à Globo, mas eles recuam. E a própria Globo admitiu que esse Campeonato Baiano é ruim. Tenho certeza de que, se juntássemos os clubes do Baianão e fizéssemos a transmissão do campeonato pela internet, ganharíamos mais do que ganhamos com a Globo. Nesse modelo que está aí, não há a menor chance de o Bahia renovar esse contrato para o Baianão”.

Já sobre a Copa do Nordeste, o dirigente justificou a batalha travada pelo clube para melhorar as condições da competição e mostrou otimismo. “Essa provocação do Bahia está tendo resultado. Estamos buscando cada vez mais essas alterações. Esse avanço do modelo de competição vem de encontro ao que o Bahia vem cobrando. Mas, ainda tem muito mais a avançar no que diz respeito ao valor econômico da competição. Ainda há um desequilíbrio muito grande. Uma Copa do Nordeste, hoje, vale de R$ 20 a 30 milhões. O Campeonato Carioca vale R$ 120. Será que o Campeonato Carioca vale mesmo quatro vezes mais que a Copa do Nordeste? Precisamos diminuir essa desigualdade”.

O mandatário também comentou sobre a possibilidade de renovação de alguns atletas que têm contrato encerrando neste final de ano, entre eles o meia Vinicius. “Vinicius está no hall dos principais jogadores do clube. Naturalmente, é um jogador que o Bahia deseja que permaneça para 2019. Sendo do interesse de Vinicius, e de qualquer outro jogador que esteja bem em campo, tenho certeza que vamos conseguir manter uma base para 2019”.

Em relação a interesse de outros clubes no lateral-esquerdo Léo, Bellintani afirmou desconhecer e também mostrou interesse na permanência do jogador. “O que sei é que ele tá muito feliz de jogar no Bahia e morar em Salvador. A família dele está feliz, a esposa está. A filhinha está adaptada à cidade. Se houver condições, faremos esforços para jogadores como Léo permanecerem no clube”.

Já sobre o atacante Gilberto, ele destacou que só não poderá disputá-lo com clubes do exterior. “Se Gilberto tiver uma proposta para jogar em outro clube brasileiro, temos condições de disputar e manter o Gilberto aqui. Agora, se vier uma proposta de fora, que não tenhamos condições de brigar, não vamos fazer nenhuma loucura. O que pudermos fazer para mantê-lo vamos fazer”.

Por fim, Bellintani comentou sobre os boatos de que deixará o Bahia para concorrer à Prefeitura de Salvador em 2020 e garantiu que sua cabeça está no Tricolor. “Minha cidade, meu estado e meu país, hoje, se chama Esporte Clube Bahia. Hoje e enquanto eu for presidente. Quando estive na área empresarial, sempre me dediquei intensamente às minhas empresas. Quando estive na Prefeitura, me dediquei intensamente às secretarias que ocupei. Eu escolhi deixar a gestão pública para gerir o Bahia. Vou me dedicar exclusivamente ao meu clube”.

 

Galatico

Facebook Comments