Data de Hoje
5 August 2021

Bethânia e segurança da artista respondem a processo por porte ilegal de arma de fogo

Maria Bethânia responde a um processo na Justiça por porte ilegal de arma de fogo, após seu segurança ser autuado durante abordagem policial. De acordo com informações do jornal Extra, no dia 5 de julho, durante patrulhamento de rotina, em São Conrado, no Rio de Janeiro, dois policiais militares avistaram Adevan Barbosa, vigia da cantora baiana, portando um revólver de calibre 38. Por não apresentar documentação da arma, ele foi preso em flagrante e levado para a delegacia. Após o ocorrido, o registro do revólver, em nome de Maria Bethânia, foi apresentado na delegacia por uma assessora. Apesar de possuir o registro, a artista não tem permissão para portar ou transitar com a arma, assim como seu segurança.

380x499xMaria-Bethania_2.jpg.pagespeed.ic.-pLJKSkVrK

Registro da arma em nome da cantora Maria Bethânia | Foto: Reprodução

Em depoimento, Adevan disse que só usava a arma durante o expediente, conforme combinado com a cantora. Revelou ainda que o expediente começou às 18h do dia anterior e que trabalhava com Bethânia há cinco anos. Ele foi liberado, após pagamento de fiança, mas, tanto o vigia quanto a cantora, foram indiciados por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. No dia 18 de junho, o Ministério Público estadual denunciou os dois à Justiça. O processo tramita na 31ª Vara Criminal da Comarca da Capital e, nesta quarta-feira (15), voltou para as mãos da Promotoria.

Por: Bahia Notícias

Facebook Comments