Data de Hoje
20 September 2021

Blitzes da PM abordam mais de 62 mil pessoas e prendem 95

Mais de 62 mil pessoas foram abordadas e 95 foram presas em flagrante por porte ilegal de armas e/ou envolvimentos com drogas durante as blitzes realizadas pela Polícia Militar (PM) entre 31 de agosto e seis de setembro. A informação foi divulgada nesta quarta-feira, 9, pelo governo, durante coletiva de imprensa, no Quartel do Comando Geral da PM, no Largo dos Aflitos.

Ainda de acordo com o governo, a PM também apreendeu 28 armas de fogo e recuperou 48 veículos roubados, após abordar 25 mil carros na capital e região metropolitana.

Para o comandante de Operações da PM-BA, coronel Paulo Uzeda, os números correspondem aos efeitos da intensificação em 50% das operações policiais em todo o estado.

“A ideia é que as ações sejam constantes. Percebemos que, com elas, reduzimos índices que estavam sendo difíceis de controlar”, afirmou o oficial.

Segundo o governo, a intensificação das blitzes contribuiu também para a redução em 27% dos roubos de veículos em Salvador. Foram 84 ocorrências registradas na última semana, o menor índice do ano e abaixo da média estimada de 115 casos. Além disso, de 31 de agosto a 2 de setembro, não foi contabilizada nenhuma ocorrência referente a assaltos a coletivo.

As blitzes também foram responsáveis pela captura de três acusados de homicídios e tráfico de drogas. Alan Celestino, Dailton Lopes e um outro acusado de prenome Alexnaldo.

Facebook Comments