Data de Hoje
29 January 2022

Bolsonaro alfineta Haddad e diz que ‘PT quebrou o Brasil de tanto roubar’

O petista Fernando Haddad publicou um texto em suas redes sociais de um jornalista alemão afirmando que “está na moda um anti-intelectualismo no Brasil”. Logo, o presidente Jair Bolsonaro postou em seu Twitter textos atacando o adversário, dizendo que o PT quebrou o Brasil e que ele é o “fantoche do presidiário corrupto”, em referência ao ex-presidente Lula.

Jair M. Bolsonaro

@jairbolsonaro

Haddad, o fantoche do presidiário corrupto, escreve que está na moda um anti-intelectualismo no Brasil. A verdade é que o marmita, como todo petista, fica inventando motivos para a derrota vergonhosa que sofreram nas eleições, mesmo com campanha mais de 30 milhões mais cara.

20,9 mil pessoas estão falando sobre isso

“Haddad, o fantoche do presidiário corrupto, escreve que está na moda um anti-intelectualismo no Brasil. A verdade é que o marmita, como todo petista, fica inventando motivos para a derrota vergonhosa que sofreram nas eleições, mesmo com campanha mais de 30 milhões mais cara”, publicou Bolsonaro.

Jair M. Bolsonaro

@jairbolsonaro

Haddad, o fantoche do presidiário corrupto, escreve que está na moda um anti-intelectualismo no Brasil. A verdade é que o marmita, como todo petista, fica inventando motivos para a derrota vergonhosa que sofreram nas eleições, mesmo com campanha mais de 30 milhões mais cara.

Jair M. Bolsonaro

@jairbolsonaro

Eles procuram e criam todos os motivos possíveis para estarem sendo rejeitados pela maioria da população, só não citam o verdadeiro: o PT quebrou o Brasil de tanto roubar, deixou a violência tomar proporções de guerra, é uma verdadeira quadrilha e ninguém aguenta mais isso!

11,7 mil pessoas estão falando sobre isso

“Eles procuram e criam todos os motivos possíveis para estarem sendo rejeitados pela maioria da população, só não citam o verdadeiro: o PT quebrou o Brasil de tanto roubar, deixou a violência tomar proporções de guerra, é uma verdadeira quadrilha e ninguém aguenta mais isso!”, complementou o presidente.

O texto que Haddad publicou foi na versão em português do site da agência alemã Deutsche Welle,  do jornalista alemão Philipp Lichterbeck, que mora no Brasil desde 2012.

Fernando Haddad

@Haddad_Fernando

De Philipp Lichterbeck da Deutsche Welle: “No Brasil, está na moda um anti-intelectualismo que lembra a Inquisição. Seus representantes preferem Silas Malafaia a Immanuel Kant. Os ataques miram o próprio esclarecimento”.https://p.dw.com/p/390wA?maca=pt-BR-Twitter-sharing  Brasil, um país do passado

Brasil, um país do passado

No Brasil, está na moda um anti-intelectualismo que lembra a Inquisição. Seus representantes preferem Silas Malafaia a Immanuel Kant. Os ataques miram o próprio esclarecimento, escreve o colunista…

dw.com

6.654 pessoas estão falando sobre isso

Em uma outra rede social, Haddad debocha de Bolsonaro ao dizer que “parece que o Jair quer debater comigo pelas redes sociais. Já é um bom começo. Hora dessas ele toma coragem! Reparem a educação do moço: coisa de estadista!”

 

Facebook Comments