Data de Hoje
1 August 2021
29/08/2017- Treino da Seleção Brasileira no Beira Rio. Foto reprodução: Lucas Figueiredo/CBF

Brasil ‘inicia’ sua Copa do Mundo em confronto contra o Equador em Porto Alegre

Com 10 meses de antecedência, a seleção brasileira começa nesta quinta-feira a sua Copa do Mundo. Classificado ao Mundial da Rússia do próximo ano, o Brasil irá aproveitar seus últimos quatro jogos das Eliminatórias Sul-Americanas para reforçar o seu estilo de jogo, azeitar o time e definir os nomes que terão a missão de buscar o hexa. O técnico Tite diz que o grupo ainda está aberto, mas pelo menos a base dele estará na Arena Grêmio, em Porto Alegre, às 21h45, para a partida contra o Equador.

Prova disso é que a seleção que irá a campo é exatamente a mesma que bateu os equatorianos por 3 a 0 há um ano, quando Tite assumiu como técnico. Desde então, o retrato do time mudou muito pouco. Certo mesmo é que o meia Philippe Coutinho, que será banco nesta quinta-feira, teria lugar entre os titulares se tivesse mais ritmo de jogo – ele ainda não jogou neste início de temporada europeia e fez treino de “transição” na última segunda-feira, quando se apresentou em Porto Alegre.

A negociação envolvendo Philippe Coutinho do Liverpool para o Barcelona também ajudou para que ele ficasse no banco de reservas na partida. A janela de transferência na Europa fecha nesta quinta-feira e o próprio técnico admitiu que isso mexe com a cabeça dos jogadores. “É humanamente impossível não se afetar. Afeta até o treinador”, declarou Tite. “O Willian está bem, merecia. O Coutinho fica como opção”.

O técnico ressaltou também que, mesmo com o Brasil já classificado, a cobrança dele sobre os jogadores permanece a mesma. “A equipe está classificada, por isso que a Copa do Mundo iniciou e a cobrança por desempenho permanece”, disse Tite. “Você aproveita a classificação e coloca pressão pelo desempenho. Resultado eu não sei o que virá, mas desempenho eu quero, sim”.

OPÇÕES – O treinador da seleção disse que a mudança de estilo de jogo de Neymar do Barcelona em relação ao do Paris Saint-Germain poderá ser vista também em campo nesta quinta-feira. No clube catalão, o principal jogador do Brasil costumava jogar aberto, pelo lado esquerdo. No PSG, tem mais liberdade de movimentação. “O Neymar se sente à vontade na amplitude, aberto, ou com liberdade de rodar. Não é assim só no PSG, era também no Santos do Muricy (Ramalho)”, recordou Tite. “Ele tem liberdade, sim, de ora trabalhar por fora, ora por dentro”.

Sobre o jogo em Porto Alegre, ele negou qualquer chance de colocar o atacante Luan para simplesmente agradar a torcida da casa. “Se eu quiser agradar todo mundo, vou desagradar minhas convicções. Estaria sendo incoerente e injusto”, afirmou, não descartando, contudo, colocar o jogador do Grêmio como forma de alterar o jeito de atuar da equipe na etapa final.

Nesta quinta-feira, Tite será uma das atrações da partida. Campeão pelo Grêmio e pelo Internacional, o técnico é querido pelos torcedores dos dois times. Mas nem mesmo a sua presença e a de jogadores da casa, como o goleiro Alisson e o atacante Luan, foram suficientes para garantir casa cheia. Nesta quarta ainda restavam 20 mil ingressos para o jogo – a capacidade da Arena Grêmio é de 55 mil.

Como já fizera na chegada a Porto Alegre, no último domingo, Tite afirmou que jogar em casa é especial. “Mas me põe uma pressão ainda maior”, revelou. Dentre os torcedores, estarão dezenas de familiares e amigos. “Tomara que eu me controle bem”.

Preocupação constante da comissão técnica, o gramado da Arena Grêmio está em boas condições para a partida. Ele apresenta pequenas falhas junto à linha lateral e trocado à frente dos gols, mas está uniforme. Fonte: Estadão Conteúdo

Facebook Comments