Data de Hoje
2 December 2021

Brasileiros continuam retidos em aeroporto de Miami

miami-brasileiros_1544529

A maratona dos cerca de 200 brasileiros que estão no aeroporto de Miami, nos Estados Unidos, aguardando para embarcar ainda continua nesta terça-feira, 28. Inicialmente, os passageiros receberam a informação de que voltariam para o Brasil no voo 229 da American Airlines, que saiu do país norte-americano às 23h54 desta segunda, 27, mas a aeronave estava lotada. Este avião pousou na capital por volta das 9h.

“A empresa disse que eles embarcariam no voo 229, mas só tinham 7 vagas. A maioria continua no aeroporto com a previsão de sair de lá às 11 horas (12 horas no horário do Brasil) no voo 9247. Com isso, eles vão ficar mais de 36 horas nessa situação”, explicou Marco Aurélio, que está em Salvador acompanhando a situação da filha Maíra Araújo, de 21 anos, que faz parte do grupo de brasileiros em Miami.

O voo original dos brasileiros deveria ter partido dos EUA no domingo, às 23h54, mas foi cancelado por conta de problemas mecânicos. Em nota, a empresa informa que “voo AA 229, do dia 26, do Aeroporto Internacional de Miami (MIA) para o Aeroporto Internacional de Salvador (SSA) foi cancelado por necessidade de manutenção. Todos os passageiros receberam assistência

Maíra mostra novo cartão de embarque para o voo 9247 (Foto: Maíra Araújo | Cidadão Repórter)

 

Além das informações desencontradas, Marco Aurélio reclama da assistência prestada aos passageiros. “Estão dando (assistência), mas está muito precário. Levaram para um hotel, mas eles ficaram só duas horas e depois chamaram para embarcar, mas não embarcou. Em duas horas não deu para descansar. Eles estão com a roupa do corpo, porque as malas foram despachadas”, criticou.

De acordo com ele, a American Airlines também forneceu dinheiro para alimentação, mas o valor não é suficiente. Sem estrutura, o grupo chega a dormir no chão do aeroporto.

A reportagem entrou em contato com a empresa e aguarda a uma nova posição da American Airlines

 

 

Facebook Comments