Data de Hoje
21 September 2021

BRT de Salvador e Ferrovia de Integração vão sofrer atraso

“Dificuldades” fizeram  o Palácio do Planalto, segundo Dilma, reavaliar a “engenharia financeira” do projeto do BRT de Salvador. “Porque nós, este ano, não termos recursos para fazer tudo. O que é prioritário e está em andamento nós damos a maior parte dos recursos. Mas não abandonamos o BRT. Estamos refazendo a modelagem financeira para que essa que é uma reivindicação importante na Bahia tenha realidade nos próximos anos”.

Do mesmo modo, admitiu dificuldades para tocar a Ferrovia Integração Oeste-Leste (Fiol). “Elas (as obras) tiveram, de fato, alguns problemas. O trecho que vai de Ilhéus a Caetité, estamos prevendo que, no segundo semestre de 2017, seja concluído. O trecho Caetité a Barreiras tem 485 km e conclusão prevista para o primeiro semestre de 2018. Os prazos de conclusão  da Fiol foram postergados por várias razões. Quando a gente fez a primeira licitação internacional para o fornecimento de trilhos houve vários questionamentos, alguns na Justiça e isso atrasou o processo”.

À tarde, em Barreiras, o prefeito local Antônio  Moreira (PP) e o governador em exercício João Leão (PP) fizeram muitos elogios à presidente, mas não a pouparam  de pedidos de obras, mesmo nesse período de pouco dinheiro. Moreira reivindicou a construção do complexo viário e da ampliação do aeroporto. Leão, após assinalar que Dilma deveria “sentir orgulho pelo que fez neste país”, em relação a programas sociais, lembrou do projeto da Ponte Salvador-Itaparica. Nesse momento um grupo da plateia puxou um coro “Dilma! Dilma!”.

Leão não perdeu a oportunidade: “É o povo querendo  a ponte, menina”. A presidente não se conteve e caiu na gargalhada. No seu discurso ela só pôde assegurar que vai manter os programas sociais do  governo.

Fonte: Biaggio Talento-A Tarde
Facebook Comments