Data de Hoje
18 April 2024

Bruno Reis destaca importância de Santa Dulce no fomento ao turismo religioso em Salvador

Foto: Divulgação/Prefeitura de Salvador
muitainformacao

Transformar Salvador em um centro do turismo religioso: esse é o objetivo do prefeito Bruno Reis (UB) e da sua equipe. Ao editor-chefe do Portal M!, Osvaldo Lyra, o gestor municipal o confirmou, nesta segunda-feira (1º), a sua intuição e do seu secretariado, destacando a festa em homenagem à Santa Dulce dos Pobres como um grande passo para o alcance dessa meta.

“As homenagens são em reconhecimento à história, aos relevantes serviços que Santa Dulce prestou aos baianos, também em reconhecimento à primeira santa brasileira, ao que isso representa, ao simbolismo, mas, sem sombra de dúvidas isso também tem consequências. Ela, depois de canonizada, ainda continua produzindo milagres, ajudando no desenvolvimento econômico, na geração de emprego e renda. Então o turismo religioso é um dos vetores que a gente está estimulando na nossa cidade”, afirmou.

O prefeito afirmou que, em decorrência da pandemia de Covid-19, desde a canonização de Santa Dulce, não foi possível realizar uma grande celebração pela conquista. Esse ano, é a primeira vez que a gestão municipal programa uma festa com essas proporções e, de acordo com Bruno Reis, em 2024, será ainda maior.

Este ano, serão 13 dias de eventos com diversas atividades, missa campal, procissão, carreatas, apresentações teatrais e shows de grandes artistas nacionais. A ideia é, nesses 13 dias, deixar toda aquela região do entorno do santuário ativada, bem movimentada.

“Sei que com isso estão vindo peregrinos, devotos, fiéis, dos diversos cantos da Bahia, do Brasil, até gente de fora. Com isso acabam gerando na economia um aquecimento, porque se hospedam em hotéis, vão aos bares, restaurantes, utilizam o Uber, o táxi, comem o nosso acarajé, bebem a nossa água de coco, então dentro dessa estratégia de fortalecer o turismo em todas as suas áreas, não tenho dúvida que o turismo religioso tem um potencial enorme para crescer em Salvador”, disse ao Portal M!.

Intervenções na Cidade Baixa

Bruno Reis também estacou o conjunto de ações que estão sendo realizadas na Cidade Baixa, em Salvador, no espaço agora chamado de “território santo”. Ainda de acordo com ele, já há um projeto de transformar o antigo abrigo Dom Pedro em um hotel, assim como aconteceu com o Palácio Rio Branco.

“Existem ainda mais intervenções urbanísticas que a prefeitura vai fazer, além de toda a reforma do entorno da igreja dos Alagados, onde teve Madre Teresa de Calcutá, tem ainda uma série de ações e intervenções como a Orla do Porto da Lenha, lá na Cidade Baixa… todas essas iniciativas tem o objetivo de fortalecer aquele território e consolidando essa estratégia do turismo religioso”, declarou.