Data de Hoje
9 May 2021
Foto: Felipe Freaza/ Click Notícias

Caminhada em comemoração ao Dia da Mulher reúne milhares de pessoas na Praça Castro Alves

Foi realizada na noite desta terça-feira (8), uma caminhada em celebração ao Dia Internacional da Mulher, que partiu do Campo Grande até a Praça Castro Alves. O movimento feminista acontece há mais de dez anos e reuniu membros do Movimento Sem Teto (MST), militantes de partidos políticos e professores.

Segundo Deise Oliveira, uma das organizadoras da caminhada, as mulheres pediam o direito a democracia e o fim do golpe político. “Nós organizadoras dessa caminhada somos militantes de esquerda e estamos indignadas com o que aconteceu com Lula e Dilma. O PT promoveu muitas mudanças nos últimos anos e hoje estamos vivendo a beira de um golpe político contra a democracia”. Disse.

Também estavam presentes os representantes do Fórum em Defesa das Creches Escolas Comunitárias que declararam insatisfação com a estrutura da educação no município e defenderam o desenvolvimento das instituições comunitárias. “Nós abrimos essas escolas porque a política pública não chegou ao nosso bairro,  queremos que nossos alunos possam competir de igual para igual com alunos de escolas públicas e não temos repasse do governo”.  Disse a professora Hamilta Queiroz.

Karla Oliveira representante do MST, também levantou bandeira a favor do avanço dos direitos das mulheres e se mostrou contra o atual cenário político no Brasil. “Viemos lutar  pela democracia no Brasil que está sendo ameaçada. Somos contra o latifúndio e  contra o golpe político. Disse.

O movimento contou com apoio de um trio independente escoltado pela Polícia Militar.

Foto: Felipe Freaza/ Click Notícias

Foto: Felipe Freaza/ Click Notícias

Felipe Freaza/ Click Notícias

Facebook Comments