Data de Hoje
24 September 2021

Campos será ouvido como testemunha de defesa no caso de superfaturamento em refinaria

Campos será ouvido como testemunha de defesa no caso de superfaturamento em refinaria
O candidato a Presidência da República pelo PSB, Eduardo Campos, deve ser ouvido pela Justiça Federal, como testemunha de defesa, em audiência do caso do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, acusado de participar de um esquema de superfaturamento de obras da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, junto ao doleiro Alberto Youssef. Assim como Campos, ex-governador do estado, o candidato ao Senado e ex-ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, também deve ser convocado nas próximas semanas. Segundo o advogado de Costa, Nélio Machado, ambos permanecem citados para prestar depoimento. “Continuam como testemunhas, embora o juiz tenha solicitado que em cinco dias a defesa diga a motivação para essa indagação; embora não seja razoável o que o juiz solicita, porque a defesa não costuma conversar antes, e a testemunha dirá o que souber diante do que foi perguntado”, explicou Machado, que diz não conhecer Campos. “Eu não conheço sequer Eduardo Campos, muito menos a outra testemunha que é um  candidato a senador pelo estado de Pernambuco. Mas toda essa acusação vem de uma peça de ficção: a ideia de que havia superfaturamento na construção da refinaria de Abreu e Lima”, afirmou o advogado. Com informações do jornal O Estado de São Paulo.
Facebook Comments