Data de Hoje
20 May 2022
Foto Montagem Click Notícias

Canais da Fox são removidos da Sky por falta de acordo

Clientes da Sky tiveram uma grande alteração em suas grades de programação no último domingo (5): os canais do grupo Fox saíram do ar. A negociação entre operadora e programadora não foi concluída e a transmissão foi interrompida.

O motivo para isso é que, de acordo com Sky, a programadora exige um reajuste significativo, que é incompatível com o momento atual, de crise econômica. A Fox se defende e diz que o valor pago por assinante não ultrapassa “um café”. A Fox também queria que a Sky carregasse para seus clientes o canal premium Fox+.

Esta não é a primeira novela de negociação da Fox: pouco tempo atrás, os canais do grupo chegaram a ser removidos da Oi TV, mas um acordo foi firmado posteriormente e eles retornaram cerca de uma semana depois do desligamento.

Uma das estratégias da Fox é incentivar aos clientes que pressionem a Sky por meio de redes sociais, exigindo então que os canais não saiam do ar. No entanto, o tiro saiu pela culatra: diversas pessoas comentaram na página da Fox no Facebook que não querem mais a programação repetitiva – quase sempre passa Simpsons na Fox – ou reclamam da cobertura esportiva do Fox Sports.

Sem os canais Fox, restam duas opções à Sky: ressarcir o consumidor com o valor proporcional aos canais Fox ou substituí-los por outros de categoria similar. Para substituir Fox Sports, Fox Sports 2, FX, NatGeo, Wild e Fox Life, entraram no ar Discovery Civilization, Discovery Science, TLC HD, ESPN Extra, Discovery ID HD, Animal Planet, ESPN+ (SD) e Discovery Theater (SD).

Com a ausência de acordo, as receitas da Fox devem ser significativamente impactadas: a Sky é a segunda maior operadora do Brasil, com mais de 5 milhões de clientes. Além do valor repassado por assinante sobre a programação, a programadora deixa de ser tão atrativa para anunciantes. Será que assim haverá menos propaganda do Trivago?

Por Lucas Braga/tecblog
Facebook Comments