Data de Hoje
30 November 2021

Caravelas: estudantes ficam sem aulas por causa de barcos quebrados

Os estudantes da Comunidade Ribeirinha da cidade de Caravelas, estão há mais de 15 dias sem frequentarem as escola.

Segundo informações de pais de alunos, que realizaram as denúncias, o motivo seria as embarcações que estão quebradas.
Segundo relatos dos moradores, 02 lanchas escola que fazia o transporte dos alunos estão há mais de 04 meses paradas. A outra lancha, que seria a única que estaria funcionando, quebrou há mais de 15 dias e estão ancoradas em um local conhecido como ” Quintongo”.
” É um absurdo, nosso filhos estão sem estudar, a prefeitura tem conhecimento e não toma nenhuma providência. Já reclamamos ao Secretário de Educação, mas até agora nada foi feito”. Declarou uma mãe.
Escândalos envolvendo a educação do município tem se tornado frequente. Recentemente, os professores da escola Odete Maria de Almeida, realizaram uma paralisação devido às péssimas condições de acesso a unidade de ensino e ainda da instalações internas.

O acesso dos estudantes, até a referida escola, estava trazendo risco aos alunos, uma vez que a ponte que dava acesso a escola estava toda quebrada.
” Por várias vezes foi denunciado esta ponte, alunos já caíram dela e se machucou. Só depois da paralisação dos professores que resolveram fazer um ” Cala Boca”, e realizaram remendos no local. Mas a escola continua em péssimas condições, as telhas são de eternit e esquentam muito e a grande quantidade de morcego que fica pendurado no telhado assusta as crianças. Fora a sujeira que os morcegos fazem, defecando na cabeça dos alunos, na sala e nos materiais escolares. As instalações da escola precisa de reforma urgente”, declarou uma mãe.
Quero saber quando nossos filhos voltarão a estudar, porque cada dia sem aula é uma perda letiva muito grande, a prefeitura sequer nos dá uma satisfação de quando irão resolver o problema. Estamos sem saber o que fazer. As crianças ficam todos os dias na expectativa, querendo ir para a escola e não podem”, concluiu outra
Facebook Comments